Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Nada se compara à bolsinha da mamãe

Por Da Redação Atualizado em 31 out 2016, 18h31 - Publicado em 31 mar 1998, 22h00

?Como o bebê vai parar na bolsa da mãe canguru?

!É preciso uma manobra animal para o bicho passar da barriga da mãe para a bolsa, chamada de marsúpio. Depois de cerca de 36 dias de gestação dentro da barriga, a fêmea deita-se de costas e apóia a região pubiana em algum lugar saliente para ela ficar mais alta que o resto do corpo. Aí, o pequeno bebê nasce e aproveita o aclive do corpo para escorregar, por fora do marsúpio, até à entrada da bolsa. Então, pula para dentro dela e se instala. Parece um vermezinho, mede alguns centímetros, mas já nasce atleta.

Para facilitar o deslizamento, a mãe lambe os pêlos entre o órgão genital e a bolsa, que fica mais escorregadia. Parece pouco higiênico mas funciona. O processo todo dura mais ou menos 10 minutos. “Assim que o embrião entra na bolsa, uma grande mama é introduzida em sua boca”, explica a bióloga Ana Maria Beresca, da Fundação Parque Zoológico de São Paulo. Mas o mais incrível é que, uma vez engolida, a mama se dilata e o bicho fica preso, engatado a ela, sem possibilidade de se mover ou de se separar da mãe. O filhote fica dentro do marsúpio 200 dias, até estar apto a se alimentar sozinho. Aí, cai no mundo.

Publicidade