GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Nascimento de estrelas em close-up

As primeiras imagens do núcleo da galáxia espiral NGC 253, captadas pelo Telescópio Espacial Hubble, confirmam os cálculos dos astrônomos: ali há uma região de intensa atividade, onde estão nascendo milhares de estrelas. Os pesquisadores já sabiam da existência desse “berçário estelar”, pela grande quantidade de radiação infravermelha (que é sinal de calor) emitida pela poeira existente no centro dai galáxia. Mas só agora eles têm a prova de São Tomé.

Na foto abaixo, você pode ver cada detalhe que os pesquisadores conseguem identificar. As regiões avermelhadas 11 são gases aquecidos, que envolvem as estrelas em formação. As faixas mais escuras D são formadas por poeira interestelar. A grande maternidade é a área amarelada 11 no centro da foto. Ela mede nada menos que 1000 anos-luz de diâmetro. Os pontos amarelos brilhantes 11 são milhares de estrelas recém-nascidas. CI