GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

O Galileo está chegando

O GPS enfrenta sua maior crise. Não tem problema. Seu substituto já foi definido. E é muito melhor

Texto Roberto Saraiva

O GPS subiu no telhado (e o quadro abaixo diz o porquê). Mas já tem um substituto quase pronto para ocupar seu lugar: a rede europeia de satélites Galileo. Como o GPS, é um sistema de posicionamento global capaz de dar latitudes e longitudes precisas em qualquer ponto do mundo. Ou, em outras palavras, que consegue fazer o mais perdido dos taxistas achar o endereço mais escabroso.

O Galileo tem algumas vantagens que vão ser sentidas na prática. Uma delas é que os aparelhos localizadores são capazes de trocar informação com o satélite, em um diálogo de dados (o GPS apenas recebe). Nas ruas da cidade, isso quer dizer que o sistema pode detectar pontos de tráfego intenso e recomendar uma via mais desafogada ao motorista. Hoje, o GPS usa apenas um chutômetro que recomenda vias secundárias (na real, becos e vielas) para fugir de engarrafamentos. O Galileo também envia sinais de S.O.S. – úteis para exploradores perdidos na selva ou gente em perigo em qualquer lugar.

Outra diferença é a precisão: em vez dos atuais 15 metros de diâmetro, o Galileo promete uma acurácia que chega a 10 centímetros. Isso permite, por exemplo, que fazendeiros controlem colheitadeiras a distância – até mesmo de fora da fazenda.

Mas a grande vantagem é que o Galileo não vai substituir o GPS. Pelo contrário: os sistemas são compatíveis, o que reforça todos os atributos do serviço. O Galileu custará € 3,4 bilhões e deve ficar completo em 2013.

+ Surfe astral
A espectroscopia se aliou aos telescópios na investigação do espaço. Ao ler as ondas de energia emitidas pelos astros, cientistas conseguem deduzir as características deles. Até nosso Sol é enigmático: 15% da radiação que emite permanece inexplicada.

+ DNA nada!
Sabe aqueles testes de DNA que solucionam qualquer crime? Pois bem, a história não é bem assim. Cientistas israelenses descobriram que evidências genéticas podem ser forjadas – e que qualquer estudante de biologia pode fazer isso. O estudo é do instituto Nucleix, especializado em testes de DNA.

S.O.S. no espaço
O GPS, sistema militar usado para guiar desde mísseis até taxistas paulistas, está passando por um momento delicado. Sua verba sofreu cortes em anos recentes, o que prejudicou a conservação dos 31 satélites. O conserto vem. Só que não é certo que ele possa ser feito sem prejuízos ao serviço.

A RÚSSIA ESTÁ MODERNIZANDO O SEU SISTEMA DE POSICIONAMENTO GLOBAL, O GLONASS.