GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

O verdadeiro Sistema Solar

Descobertas mostram que o sistema solar tem mais de 60 planetas.

Reinaldo José Lopes

Novas teorias mostram que pode haver mais de 60 planetas na órbita do Sol – parte deles, maior que a própria Terra. Enquanto isso, querem rebaixar Plutão para a segunda divisão do Sistema, junto com um monte de astros descobertos nos últimos anos.

Antes eram 9 planetas e pronto. Só que, de uns anos para cá, intrusos com apelidos do naipe de Xena, Papai Noel e Coelhinho da Páscoa apareceram. Não é piada: esses são nomes provisórios de astros que têm tamanho comparável ao de Plutão, e que ninguém tinha detectado. Só que tem mais: deve haver um bocado de outros corpos assim nas fronteiras geladas do sistema solar.

E agora? Bom, um encontro de astrônomos em agosto vai decidir. Nem o “rebaixamento” de Plutão para a categoria de planetóide está descartado. Cada vez mais os cientistas estão percebendo que o cinturão de Kuiper, a região onde ele fica, é um zoológico de corpos pequenos e gelados, cuja composição os torna mais parecidos com cometas do que com planetas para valer. Entre rebaixar Plutão e aceitar dezenas de novos planetas, alguns astrônomos propõem criar várias categorias de astro. Com isso, passaríamos a ter planetas terrestres (Mercúrio, Vênus, Terra e Marte), jovianos (gigantes feito Júpiter) e transnetunianos (Plutão e a rapa). Enquanto a decisão não vem, saiba um pouco mais sobre o sistema solar que nem os astrônomos conheciam.

Plutão

Diâmetro: 2 306 km.

Distância do Sol: 40 vezes mais longe que a Terra.

Há quem proponha usar o tamanho do astro como “nota de corte” para definir o que é um planeta. Outros querem que o sistema solar acabe oficialmente no gigante Netuno, já que há vários corpos quase iguais a Plutão, 6 vezes menor que a Terra, na periferia do sistema solar.

Novos planetóides

Diâmetro: De 1 200 km a 2 000 km.

Distância do Sol: De 42 a 51 vezes mais que a Terra .

A família de Plutão é das grandes. Nos últimos 12 anos, descobriram mais de 800 asteróides de gelo na vizinhança do planetinha. E mais recentemente encontraram coisas bem grandes por lá, como os “quase-planetas” Quaoar (1 200 km), Coelhinho da Páscoa (2 000 km) e Papai Noel (1 500 km).

Sedna

Diâmetro: 1 800 km.

Distância do Sol: De 86 a 900 vezes mais longe que a Terra.

Descoberto em 2003, é o xodó dos astrônomos. Sedna chega a ficar 22 vezes mais longe que Plutão na sua caminhada em torno do Sol (hoje está só 2duas vezes mais distante). E ninguém esperava achar algo parecido com um planeta nesses cafundós.

Nuvem de Oort

Eis a última fronteira do sistema solar. É um reservatório imenso de cometas. Somados, eles teriam massa até 100 vezes maior que a da Terra. Ela começa numa distância 500 vezes maior que a de Plutão, e termina a uns 5 trilhões de km daqui. Tão longe que a luz do Sol leva 7 meses para chegar lá. E chega tão fraquinha quanto a de qualquer outra estrela.

Xena

Diâmetro: 2 400 km.

Distância do Sol: 97 vezes mais longe que a Terra.

É candidato sério ao título de 10º planeta. Motivo: o astro descoberto em 2005 é maior que Plutão e tem até uma lua, apelidada de Gabrielle. A superfície dele provavelmente está coberta de metano (gás natural) congelado, e seu interior é formado por rocha e gelo.

Planetas escondidos

Diâmetro: Desconhecido.

Distância do Sol: Até 1 000 vezes mais longe que a Terra.

A órbita de Sedna dura 12 mil anos. E o astro só fica perto o bastante para ser visto da Terra por 200 anos. Só tínhamos uma chance em 60 de encontrá-lo. Alguns astrônomos, então, supõem que haja pelo menos 60 corpos assim nos confins dos Sistema. E que alguns podem ser tão grandes quanto o nosso planeta.