Clique e Assine por apenas 8,90/mês

Pigmeus ensinam Mac a cantar

Etnomusicólogo Simha Arom está pesquisando há mais de vinte anos a música dos pigmeus Aka africanos.

Por Da Redação - Atualizado em 31 out 2016, 18h46 - Publicado em 30 abr 1991, 22h00

Simha Arom, um dos mais importantes etnomusicólogos franceses, pesquisar há mais de vinte nos a música dos pigmeus Aka africanos. Um dos pontos que mais o intrigaram quando descobriu o som dos pigmeus da África Central foi a polifonia, maneira de fazer música com melodias superpostas. Até então, tinha-se a certeza de que apenas a civilização ocidental era capaz de produzir tal sofisticação musical, inimaginável em um povo que não conhece a escrita. E a música dos pigmeus é não apenas polifônica, mas em contraponto – várias vozes em diversas combinações. Arom encontrou a explicação no fato de os pigmeus aprenderem a cantar assim que aprendem a falar.

Tentando descobrir mais detalhes, como a distância entre uma nota e outra e o sistema de escala, Arom levou para o meio da selva, há alguns meses, um sintetizador e uma computador Macintosh, pela primeira vez instalado numa tribo de pigmeus. Ouvindo o som da flauta que deveria reproduzir seu canto polifônico, os pigmeus curvaram levemente a cabeça: havia uma nota errada.

Publicidade