GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Por que os lanches do McDonald’s não estragam? Eis o motivo

Vira e mexe, viralizam vídeos de hambúrgueres comprados há anos, mas que insistem em não mofar. A rede de fast food resolveu explicar como isso acontece.

Você já deve ter ouvido falar na lenda urbana que ronda a internet há anos, dizendo que, não importa quanto tempo passar, os hambúrgueres do McDonald’s não estragam. A insistência do rumor tem um bom motivo: ele é majoritariamente verdadeiro.

Um bom exemplo é o lanche comprado e guardado pelo islandês Hjörtur Smárason por impressionantes nove anos. Desde que tomou posse do sanduíche, Smárason começou uma transmissão ao vivo pela internet, mostrando que quase uma década depois, ele continuava lá, inteirinho. (Atualização: para tristeza geral, Smárason desligou a transmissão do seu hambúrguer em 2018).

Pois bem, eis que uma cliente canadense resolveu perguntar para a rede de fast food por que o sanduíche é imperecível. E a marca do Ronald McDonald respondeu, por meio de um comunicado oficial, trazendo as explicações de Keith Warriner, diretor do Departamento de Ciências Alimentícias e Controle de Qualidade da Universidade de Guelphs, também no Canadá.

Warriner afima que a principal causa da conservação do hambúrguer é a umidade (ou melhor, a falta dela). “Essencialmente, micróbios que causam a decomposição são como nós. Eles precisam de água, nutrientes, calor e tempo pra crescer. Se você tirar um desses elementos, eles não podem crescer ou estragar a comida”, ele explica. “No caso do lanche do McDonald’s, o disco do hambúrguer perde água na forma de vapor durante o preparo. Tostar o pão reduz a umidade das fatias. Isso significa que, depois da preparação, o hambúrguer está razoavelmente seco”.

Em seguida, tudo vai depender de onde você coloca seu hambúrguer. Em um local aberto e arejado com umidade baixa – Warriner cita 40% de umidade dentro de prédios, tendo o Canadá como referência – o hambúrguer vai continuar a perder umidade para o ambiente. Quanto menos úmido, menos propício para a atividade dos fungos que decompõem o alimento, o que tende a retardar muito o surgimento de mofo e outros sinais de que a comida está estragada.

Basta um local com umidade do ar mais alta, porém, para que o efeito contrário ocorra: o hambúrguer para de perder umidade para o ar, e a decomposição acelera. Se, mesmo com a umidade média do ar baixa, você ainda quiser insistir em ver seu sanduíche em decomposição, Warriner traz a dica: “Dá pra fazer isso embrulhando o lanche com papel filme, impedindo que a umidade escape, ou guardando ele em um lugar com alta umidade, como um banheiro ” – onde o próprio vapor do chuveiro favorece não só a umidade do ar e do hambúrguer, mas também aquele belo mofo no teto.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Rodrigo Conceição

    Conversa fiada pois o hambúrguer não está em uma câmara selada a vácuo e havendo umidade mesmo que mínima existirá sim proliferação de bactérias no meio. Só não querem é dizer a verdade mas a carga de produtos químicos pra conservação deve ser absurda. Óbvio que se forem dizer a verdade surgirá dúvidas a respeito das implicações quanto a saúde em função da dosagem exagerada de conservantes.

    Curtir

  2. O hambúrguer fica em uma câmara abaixo de zero, junto com as carnes, doces, xarope guaraná, sobremesas, maças etc… A essa temperatura ele congela, junto com as carnes. Onde tudo é estocado, havendo entrada e saída de pessoas para retirar a quantidade que precisa para passar o dia ou seja proliferação de bactérias existe normalmente. Quando o sanduíche é feito ele vai para um estufa, onde existe um tempo de vencimento, esse tempo é medido por umas placas em minutos. O tempo total leva em torno de cinco minutos, após isso, o sanduíche é descartado e jogado em um lixo separado pra contagem de desperdício do dia, pois não presta mais, se não for jogado fora após esse tempo a base do sanduíche fica grudada na embalagem(caixa), tornando difícil remover e comer. O nível de qualidade é alto pois mantém a loja toda em um padrão específico. Tudo isso para que quando um cliente misterioso compareça a loja para avaliar em nota de 0 a 100, cliente esse que ninguém realmente sabe quem é e quando ele vai comparecer a loja. Esse cliente avalia toda a loja desde a limpeza do chão até o tempo que ele recebeu seu pedido(Qualidade da batata, textura do sanduíche, temperatura do refrigerante, atendimento, limpeza do banheiro, etc). Isso não torna a loja impecável, pois são humanos que trabalham lá. Então acontece da loja tirar uma nota baixa e ser penalizada por isso.

    Curtir

  3. Brendo Fonseca

    Faltou falar da quantidade de conservante absurdo que esse sanduíche possui. Todo sanduíche passa pelo processo que ele falou, vai à chapa, tosta o pão e etc., mas ficar anos sem criar mofo, só o do MacDonalds. Haja conservantes!!!

    Curtir