GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Qual foi a causa das grandes extinções?

Na história do planeta, ao menos 5 delas mudaram as formas de vidana Terra. Quando será a próxima?

Rafael Kenski

De tempos em tempos, a Terra passa por grandes tragédias. Algumas, como a que se abateu sobre o Permiano, 145 milhões de anos atrás, destruíram 90% das espécies. Mesmo tão marcantes, esses eventos nem sempre são fáceis de estudar e nenhum deles tem uma explicação definitiva.

Isso ocorre, em primeiro lugar, porque várias evidências do que aconteceu há centenas de milhares de anos foram destruídas ao longo do tempo. Em segundo, são pouquíssimas as fontes de informação sobre o assunto – e quase tudo o que descobrimos teve que ser literalmente desenterrado. Sabemos que esses eventos de fato aconteceram porque, no registro geológico, uma extinção faz com que fósseis de espécies encontradas em uma camada do solo não existam na camada imediatamente acima. Estudando a fatia do solo em que ocorreu esse desaparecimento, os cientistas procuram sinais de asteróides, vulcanismo, mudanças climáticas, movimentação de continentes e outros fatores capazes de eliminar a vida no período. Eles juntam essas informações em um só cenário, o que não é lá muito fácil: várias tragédias parecem ter acontecido ao mesmo tempo e sempre é possível que o motivo real não tenha sido ainda encontrado.

No entanto, a pesquisa sobre esses cataclismos traz informações valiosíssimas. Caso eles não tivessem ocorrido, a vida na Terra tomaria um rumo completamente diferente – e é provável que a espécie humana nem surgisse. Além disso, é bem provável que neste exato momento estejamos próximos de uma dessas grandes extinções.

As 6 Grandes Extinções

Existe mais de uma teoria para explicar cada um dos 6 grandes cataclismos

1. Período – Cambriano

Época* – 550

Principais afetados – Trilobitas – ancestrais de insetos e aracnídeos.

1ª explicação – Uma forte redução no nível do mar eliminou o habitat das espécies de águas rasas.

2ª explicação – Mudanças nas correntes marítimas jogaram muitas das espécies em águas frias e sem oxigênio.

2. Período – Ordoviciano

Época* – 440

Principais afetados – Invertebrados marinhos

1ª explicação – Glaciação acabaou com espécies por conta do frio.

2ª explicação – O gelo acumulado nos continentes reduziu o nível do mar e eliminou habitats.

3. Período – Devoniano

Época* – 365

Principais afetados – Peixes

1ª explicação – Aquecimento, seguido de rápida glaciação, associado a uma diminuição do oxigênio nos oceanos.

2ª explicação – Há evidências de um grande impacto de asteróide no período.

4. Período – Permiano

Época* – 145

Principais afetados – Répteis anteriores aos dinossauros

1ª explicação – Um derramamento de lava onde hoje é a Sibéria causou a maior de todas as extinções.

2ª explicação – Um asteróide com mais de 6 quilômetros de diâmetro se chocou com a Terra.

5. Período – Cretáceo

Época* – 65

Principais afetados – Dinossauros

1ª explicação – Um asteróide de mais de 10 quilômertos de diâmetro próximo a onde hoje é o Golfo do México.

2ª explicação – Há indícios de fortíssima atividade vulcânica no período, com consequências semalhantes ao impacto do asteróide.

6. Período – Holoceno

Época* – Hoje

Principais afetados – Plantas e animais

1ª explicação – Ação do homem, principalmente na destruição de habitats, migração de espécies e mudanças climáticas.

2ª explicação – Maior atividade solar pode explicar parte das mudanças climáticas.