GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Quando o dia e a noite têm a mesma duração

O que são os equinócios?

São dias em que os períodos iluminado e escuro duram praticamente o mesmo tempo.

Isso acontece somente duas vezes no ano. A última foi em 21 de março e a próxima será no dia 23 deste mês. A diferença normal entre a duração do dia e a da noite acontece porque o eixo ao redor do qual a Terra gira sobre si mesma é inclinado 66,5 graus em relação ao plano da sua rotação em torno do Sol. Essa inclinação faz o astro iluminar um hemisfério por menos tempo durante o outono e o inverno. No início da primavera acontece o equinócio – dia em que a rota do Sol se alinha com o equador. Então, a parte iluminada passa a ser maior durante seis meses.

Mas a duração de noite e dia não é exatamente a mesma, como sugere o nome – em latim equi, significa igual, e nócio, noite. “Acontece que os raios do Sol começam a iluminar a Terra minutos antes de ele aparecer no horizonte e continuam logo depois que ele se põe”, diz o astrônomo Roberto Boczko, da Univesidade de São Paulo. Assim, a parte clara do dia acaba sendo ligeiramente maior.

Eixo torto faz a diferença

Só quando o Sol passa pelo equador dia e noite ficam iguais.

1. O eixo de rotação da Terra está inclinado com relação ao plano de sua trajetória ao redor do Sol. Por isso, durante seis meses o hemisfério norte fica voltado para o astro e seus dias são mais longos que as noites.

2. Quando o Sol passa pela linha do equador, ilumina o planeta por igual. É um dos dois equinócios que ocorrem no ano.

3. Nos seis meses seguintes, o hemisfério sul é que fica mais próximo da estrela. Por isso tem dias mais longos que as noites.

4. O equador fica alinhado com o Sol pela segunda e última vez no ano.