Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Quanto você contribui para o aquecimento global?

A estimativa, feita pela ONU, não inclui fábricas e usinas, só a soma de todas as emissões que as pessoas provocam ao ligar o carro, acender o fogão ou comer carne.

Por Da Redação Atualizado em 31 out 2016, 18h48 - Publicado em 28 fev 2007, 22h00

Texto Tiago Cordeiro

Se você pensa em chaminés industriais quando alguém fala em aquecimento global, saiba que, todos os anos, cada “pessoa física” do planeta produz, em média, 7 toneladas de gás carbônico. A estimativa, feita pela ONU, não inclui fábricas e usinas, só a soma de todas as emissões que as pessoas provocam ao ligar o carro, acender o fogão ou comer carne. Somadas, elas são responsáveis por 0,9% das 7 gigatoneladas anuais de gás carbônico que a humanidade joga na atmosfera (número semelhante à emissão de fenômenos naturais, como vulcões e incêndios florestais). “O impacto pessoal na formação do efeito estufa é muito grande. Quanto mais prejudicamos o clima, fica mais urgente ainda tomar uma atitude”, diz Osvaldo Martins, da ong Iniciativa Verde.

Não há mais muita dúvida de que o homem é responsável pelas alterações que o clima do planeta sofreu nos últimos 50 anos. De acordo com o relatório Mudanças Climáticas 2007, as chances são de mais de 90% (leia mais sobre o relatório na pág. 23). “Mesmo que as emissões de gases na atmosfera fossem reduzidas em 60% para que o planeta recuperasse o equilíbrio, já experimentaremos um aumento de 0,1 0C na temperatura a cada década durante os próximos 100 anos”, diz Carlos Nobre, do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE). A melhor atitude a se tomar é diminuir a emissão pessoal de gás carbônico.

Cada habitante da terra libera em média 7 toneladas/ano de gás carbônico. = Para compensar os efeitos dessa emissão, seria preciso plantar 38,9 árvores.

Calcule o próprio estrago

Ao lado, você encontra um teste bolado pela Super, com consultoria da ong Iniciativa Verde. Adapte os números ao seu padrão de consumo, some todas as emissões de CO2 e deduza o lixo reciclado. No final, veja como pagar os “pecados ambientais” plantando árvores: é uma para cada 180 quilos de gás carbônico. Achou muito? Se você mudar os hábitos e reduzir a emissão de CO2 (não é tão difícil), a enxada vai ter uma folga no ano que vem.

O texto NÃO consta deste banco de dados

Continua após a publicidade
Publicidade