Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Vidro

Por Da Redação Atualizado em 31 out 2016, 18h48 - Publicado em 1 abr 1992, 01h00

Fredmarchi Alberto Guerra

É possível derreter o vidro?

Sim. O vidro nada mais é que a fusão de varias matérias-primas – geralmente sílica, carbonato de sódio e carbonato de sódio e carbonato de cálcio – que se solidificam por meio do resfriamento. “Quando aquecido a uma temperatura de cerca de 1 500 graus C, o vidro torna-se totalmente líquido, mas já a partir de 700 graus começa a amolecer. Sua moldagem é feita quando ele atinge a faixa de 800 a 900 graus”, explica o físico Colin Graham Rouse, do Instituto de Pesquisas Tecnológicas do Estado de São Paulo (IPT). Muitas vezes, quando submetido a altas temperaturas, o vidro tende a “estourar”. Isso acontece porque o aumento de temperatura se dá de forma irregular. Por exemplo, quando se coloca um liquido muito quente dentro de um copo, a dilatação súbita em uma das partes faz com que ele arrebente.

Publicidade