Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

FormiguinhazZZzzzZZ

Por Vinícius Giba Atualizado em 4 jul 2018, 20h35 - Publicado em 4 jun 2013, 19h29

Vamos começar com uma notícia, o fato científico vem depois.

Era uma vez uma senhorinha alemã de 75 anos que vivia tranquilamente na cidade de Offenburg. Numa noite fria e calma, ela dormia sossegada quando foi acordada pelo toque da campainha. Ela levanta, vai até a porta e não tem ninguém. Gritando coisas como “Scheiße” e “Vandalen“, ela volta a dormir.

PÉÈÈÈÈÈÈÈÈNNNNNNN!

A campainha toca de novo, ela levanta e não acha nenhum vândalo na frente da sua casa de novo… Isso se repete algumas vezes até que às 3 da manhã, ela resolve ligar pra Polizei.

Os policiais chegam, também ficam um pouco perdidos, mas logo encontram o problema: formigas.

Havia um ninho de formigas tão grande dentro da caixa da campainha que ele estava pressionando as partes que ativam o sistema.

Continua após a publicidade

Mas por que logo ali, formiguinhas?

Apesar de não aparecer no relatório da polícia a espécie da formiga, Patrick Barkham (do site The Guardian) imagina que as culpadas sejam ou da espécie Monomorium pharaonis ou da Lasius neglectus. As duas espécies fazem parte de um grupo que tem (por algum motivo) uma enorme atração por eletricidade. Aliás, já foram encontradas 35.000 carcaças dessa Lasius neglectus numa caixa de junção de fios na Inglaterra.

E pra piorar, em lugares frios, como na casa da insone senhorinha alemã, elas costumam se amontoar para sofrer menos com o frio.

atração por eletricidade
+
querer se amontoar
_____________________

fazer o ninho numa caixa de campainha e lotar até apertar

Aliás, voltando à história: a polícia só cavucou~ o ninho com uma faca e foi embora. Problema resolvido.

Fonte: Discovery News

Continua após a publicidade

Publicidade