Assine SUPER por R$2,00/semana
Imagem Blog

Bruno Garattoni

Por Bruno Garattoni
Vencedor de 15 prêmios de Jornalismo. Editor da Super.
Continua após publicidade

“A Ascensão do Ronin” é ok. Mas seu real mérito está fora dele

Lançamento para PlayStation 5 tem samurais, mundo aberto e uma história interessante. Mas gráficos são medianos - e trazem a lembrança, inevitável, de outro game bem superior; jogos do PS5 serão fabricados em mídia física no Brasil

Por Bruno Garattoni Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
25 mar 2024, 16h00

Lançamento para PlayStation 5 tem samurais, mundo aberto e uma história interessante. Mas gráficos são medianos – e trazem a lembrança, inevitável, de outro game bem superior; Sony anuncia fabricação no Brasil de jogos do PS5 em mídia física 

“Ronin”, em japonês, é um samurai solitário, que não segue a um mestre – o que é visto como uma espécie de castigo. Mas neste game, desenvolvido pelo estúdio Koei Tecmo (mesmo autor das franquias Ninja Gaiden e Nioh), o protagonista não está sozinho: luta ao lado de um companheira, da qual é separado, e então tenta reencontrá-la.

Nessa jornada, você atravessa várias cidades históricas, como Yokohama e Kyoto, durante o período Edo, xogunato que durou de 1603 a 1868. O enredo é fictício, mas interessante – mistura samurais a ocidentais com armas de fogo. 

playstation5-review-ronin
(Koei Tecmo/Reprodução)

O game é de mundo aberto e tem foco no combate, com boa variedade de armas e um sistema de controle ao mesmo tempo acessível e detalhado: qualquer pessoa consegue pegar e sair jogando, mas é importante aprender as sequências de comandos para derrotar os inimigos. Como costuma acontecer em games de samurai, as lutas são razoavelmente difíceis.

Continua após a publicidade

Ronin tem um mundo vasto e com bastante de conteúdo. Os gráficos, infelizmente, não chegam a encantar: embora aceitáveis, as animações e os cenários claramente estão um ou dois degraus abaixo dos melhores games triple A (de alto orçamento). Um game de PlayStation 5, e que está sendo lançado a preço cheio merecia mais

Ele traz a lembrança do belíssimo Ghost of Tsushima, uma superprodução lançada em 2020 para PlayStation 4 e 5. Tsushima se passa num período histórico diferente, mas também é protagonizado por um samurai, também é de mundo aberto – e, ao contrário de Ronin, é visualmente incrível. 

Além de se encantar com as cores dos cenários, você também pode ativar um modo preto-e-branco e colocar os diálogos em japonês (com legendas em português), o que dá ao game uma impressionante semelhança com Os Sete Samurais, o clássico de 1954 dirigido por Akira Kurosawa. Ghost of Tsushima, definitivamente, merece ser jogado. 

Ronin também tem seus méritos, mas menos – num primeiro momento, ele interessa mais a quem gosta do tema e/ou já esgotou Tsushima

Continua após a publicidade

A Ascensão do Ronin está sendo lançado em mídia digital, por R$ 349, e também em mídia física – em promoção na Kabum, por R$ 325. Falando nisso, um comentário: na semana passada, a Sony assinou um contrato com a empresa Solutions 2 Go para produzir, na Zona Franca de Manaus, mídias Blu-ray com os jogos do PlayStation 5, que serão vendidos no Brasil e exportados para todos os países da América Latina. 

É uma boa notícia para o mercado e para os jogadores: os games em mídia física costumam ser a melhor opção de compra (já que, ao terminá-los ou após enjoar deles, você pode revendê-los no MercadoLivre e recuperar parte do que pagou – ou, se aceitar esperar alguns meses após o lançamento de um game, comprá-lo usado e fazer uma boa economia). 

Compartilhe essa matéria via:
Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Super impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.