Clique e Assine SUPER por R$ 9,90/mês
Imagem Blog

Bruno Garattoni

Por Bruno Garattoni Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Vencedor de 15 prêmios de Jornalismo. Editor da Super.
Continua após publicidade

Apple mostra iOS 10, com Siri automática e aberta a terceiros – e novos macOS e watchOS

O grande destaque do iOS 10, que acaba de ser apresentado pela Apple nos EUA, é a assistente virtual Siri – que agora entra em ação sem que você precise pedir. Ela monitora as suas mensagens e emails, sugerindo informações de acordo com o contexto do que você está escrevendo (se você combinar de encontrar […]

Por Bruno Garattoni Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 21 dez 2016, 09h41 - Publicado em 13 jun 2016, 16h46

IOS 10O grande destaque do iOS 10, que acaba de ser apresentado pela Apple nos EUA, é a assistente virtual Siri – que agora entra em ação sem que você precise pedir. Ela monitora as suas mensagens e emails, sugerindo informações de acordo com o contexto do que você está escrevendo (se você combinar de encontrar alguém num restaurante, por exemplo, ela já separa um mapinha com o endereço do local) e até esboçando respostas simples. Tudo usando um sistema de inteligência artificial chamado LSTM (long short-term memory), o mesmo empregado pelo Google Inbox – app do Google que sugere respostas para os e-mails que você recebe. Bem legal.

Mas o principal é que a Apple finalmente abriu a Siri, ou seja, os apps de terceiros poderão ser conectados a ela. Isso significa que, a médio prazo, será possível fazer tudo o que você faz em apps -como chamar um táxi, pedir uma pizza, reservar uma mesa de restaurante, etc- simplesmente pedindo para a Siri. Aumenta dramaticamente a utilidade dela, e é potencialmente revolucionário: pela primeira vez, qualquer app poderá ter acesso a uma plataforma de inteligência artificial. Isso faz do iOS 10 um upgrade muito atraente – provavelmente, o de maior impacto desde o iOS 7.

IOS NotificacoesA outra grande novidade do iOS 10 é uma página chamada Today, que você acessa deslizando a home page para a esquerda. É uma espécie de diário, uma lista com vários tipos de conteúdo que a Siri considera relevantes para você naquele dia, como compromissos, atualizações de notícias e esportes, mensagens, etc. Parece bem legal – e lembra bastante os cards do Google Now.

O app iMessage ganhou uma novidade divertidinha: se você escrever certas palavras (como “amor” ou “pizza”) e tocar duas vezes nelas, são automaticamente transformadas nos emojis correspondentes. Mas o principal é que ele será aberto a terceiros, ou seja, poderá ser conectado a outros apps – vai dar para pedir comida, chamar carro e transferir dinheiro para alguém, por exemplo, simplesmente digitando essas coisas no iMessage.

A versão beta do iOS 10 será liberada hoje para desenvolvedores.
A versão final, para todos os usuários, até setembro.

Continua após a publicidade

IWatchO evento também teve a apresentação do watchOS3, que tenta consertar dois pontos críticos do Apple Watch: velocidade e organização. Segundo a Apple, o novo sistema é 7x mais rápido. É preciso esperar para conferir na prática, mas a demonstração feita pela empresa pareceu convincente. O watchOS também passou por um redesenho profundo. As funções dos botões físicos mudaram, ficaram mais lógicas e consistentes (no watchOS antigo, às vezes eles trocavam de função de um app para o outro), e agora basta deslizar o dedo pela tela para navegar pelos apps, que aparecem numa lista horizontal simples de entender (muito melhor que a nuvem de bolinhas da versão anterior). Ficou mais fácil pular de um app para outro, ler notificações, voltar para a página inicial e trocar o mostrador do relógio – o que no sistema antigo era curiosamente difícil. O watchOS 3 é um salto notável. Ele não irá convencer multidões a comprar um Apple Watch. Mas tornará muito, muito mais fácil a vida de quem tem um. A versão beta será liberada hoje, e o lançamento oficial deverá acontecer até setembro.

 

Mac OSDepois de quinze anos, o OS X foi rebatizado: agora ele se chama macOS. E está ganhando nova versão, a macOS Sierra. Seu destaque é a Siri, que finalmente chega aos desktops e laptops. Ela entende pedidos elaborados, como “me mostre os arquivos do projeto X nos quais trabalhei semana passada”. Você também pode ditar mensagens. Outra novidade é o Auto Unlock, um recurso que destrava automaticamente o Mac, sem a necessidade de senha, assim que você se aproxima dele – com um Apple Watch no pulso. Não é nada revolucionário, mas ajuda. Na apresentação, não disseram se o Auto Unlock também funciona com iPhone, então é possível que não (e isso seja um jeito de estimular as vendas do Apple Watch). Por fim, o novo macOS tem um sistema que move arquivos antigos para a nuvem, para liberar espaço em disco. Isso poderá ser muito útil ou uma certa dor de cabeça – tudo vai depender de como virá configurado de fábrica.

A Apple também apresentou a nova versão do tvOS – o sistema operacional usado no AppleTV. Mais uma vez, a principal novidade está na assistente Siri, que agora também faz buscas no YouTube (além dos 650 mil filmes e programas de TV disponíveis na loja da Apple) e em canais ao vivo como ABC, CBS e ESPN, disponíveis para os usuários do AppleTV nos Estados Unidos. Outra melhoria é o “single sign-on”, que centraliza todos os logins do AppleTV – basta digitar uma senha mestra, uma única vez, para acessar todo o conteúdo a que você tem direito (não é mais necessário colocar as senhas, uma por uma, dos serviços que você assina).

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Super impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 14,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.