Assine SUPER por R$2,00/semana
Imagem Blog

Ciência Maluca

Por redação Super
Este blog não é mais atualizado. Mas fique à vontade para ler o conteúdo.
Continua após publicidade

Homens com barba são mais machistas

Por Tiago Jokura Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 27 nov 2017, 17h04 - Publicado em 27 nov 2017, 16h37

Ainda que um tanto embaraçado, não é desta vez que me esconderei por detrás dos pelos faciais. Trocadilho à parte, muito pelo contrário. Revelarei a seguir uma avaliação científica que é, no mínimo, bastante incômoda para mim: barba pode ser sinal de machismo.

É o que propõem pesquisadores de três universidades da Austrália (Universidade de Tecnologia de Swinburne, Universidade de Queensland, Universidade de New South Wales). Tudo começou com o seguinte questionamento: por que, além de preguiça, alguns homens preferem cultivar barba em vez de manter a cara limpa? A hipótese inicial era de que homens com postura mais sexista tenderiam mais a ter barba do que homens menos sexistas, uma vez que os pelos sociais são simbolicamente associados à virilidade, masculinidade e dominância – além de reforçar diferenças entre os gêneros feminino e masculino.

Para verificar isso, os australianos aplicaram um questionário para 223 homens americanos e 309 indianos. O resultado saiu conforme previsto: os barbudos apresentaram mais hostilidade em relação ao sexo oposto do que os barbeados. Os sinais mais intensos de machismo, inclusive, estiveram associados ao uso de barba em todos os grupos demográficos representados na pesquisa. Para completar, a cara lisa era mais frequente entre os voluntários menos sexistas.

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Super impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.