Assine SUPER por R$2,00/semana
Imagem Blog

Oráculo

Por aquele cara de Delfos
Ser supremo detentor de toda a sabedoria. Envie sua pergunta pelo inbox do Instagram ou para o e-mail maria.costa@abril.com.br.
Continua após publicidade

Como se mede relevo em outros planetas, sem o nível do mar de referência?

Não há uma resposta simples: tudo depende de qual planeta estamos falando.

Por Bruno Vaiano Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 1 fev 2024, 10h43 - Publicado em 25 jun 2019, 09h27

Há algumas soluções. Caso o planeta possua atmosfera, mesmo que tênue, os astrônomos podem determinar uma pressão atmosférica padrão. Ela corresponde ao nível do mar. Qualquer local com pressão mais baixa está acima do nível do mar, qualquer lugar com pressão mais alta está abaixo do nível do mar.

Quando a sonda Mariner 9 visitou Marte, em 1971, o marco zero escolhido foi de 610,5 Pa – o que é 165 vezes menor que a pressão atmosférica da Terra no nível do mar (o ar do Planeta Vermelho é muito rarefeito).

Atualmente – de acordo com este relatório sobre a padronização de constantes cartográficas e sistemas de coordenadas marcianos produzido pela Nasa e o Serviço Geológico dos EUA – o método da pressão atmosférico foi substituído por algo mais abstrato: um esferoide (isto é, uma bola ligeiramente achatada) com 3396,19 km de raio na vertical e 3376,2 km de raio na horizontal.

De acordo com Simon O’Toole, do Observatório Astronômico Australiano, na Lua, que nem atmosfera tem, o jeito é calcular o diâmetro médio da esfera. Como a Lua, bem como qualquer outro corpo celeste, também é um esferoide, a diferença entre o raio no equador e o raio medido de polo a polo também é levada em consideração.

Continua após a publicidade

Para os gigantes gasosos como Júpiter e Saturno –  que, com exceção de um provável núcleo rochoso, consistem em uma imensa atmosfera –, este documento da União Astronômica Internacional recomenda que se utilize o ponto em que a atmosfera atinge a pressão de 1 bar, mais ou menos equivalente à pressão de uma atmosfera terrestre.

Vale lembrar, em uma nota deprimente, que o nível do mar na Terra é uma ilusão: graças às marés e outros fenômenos, há pontos da superfície dos oceanos que ficam acima ou abaixo do que seria o “nível do mar”. Modelos do planeta detalhados gerados por geólogos e geofísicos podem usar diferentes esferoides de referência conforme a necessidade.

Pergunta de Rivaldo Junior, Surubim, PE

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Super impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.