Assine SUPER por R$2,00/semana
Imagem Blog

Oráculo

Por aquele cara de Delfos
Ser supremo detentor de toda a sabedoria. Envie sua pergunta pelo inbox do Instagram ou para o e-mail maria.costa@abril.com.br.
Continua após publicidade

De onde vem o “Sé” da Praça da Sé?

"Catedral" vem de cátedra, que significa cadeira. E "Sé" vem do latim "sedes", que significa... cadeira. Oi?

Por Bruno Vaiano Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
19 out 2023, 15h32

A resposta vai exigir um pouco de vocabulário católico. Vamos nessa. Uma igreja tem uma área de atuação, que é sua paróquia ou freguesia. Corresponde, grosso modo, a um bairro. Por exemplo: o bairro da Freguesia do Ó, em São Paulo, era originalmente a paróquia onde moravam os fiéis que iam à igreja de Nossa Sra. do Ó. 

Um conjunto de paróquias forma uma diocese (do mesmo jeito que um conjunto de bairros forma uma cidade). A diocese tem um bispo, que é o “prefeito” católico daquele pedaço. O prefeito, naturalmente, tem uma prefeitura, que é uma igreja maior, chamada catedral. A palavra vem de “cátedra”, ou “cadeira”. A cadeira em que o bispo senta. 

Um outro jeito de chamar uma catedral é simplesmente “sede”, palavra que vem do latim sedes e significa “local onde se senta”, ou simplesmente “cadeira”. Com o tempo, esse termo acabou encurtado para uma sílaba só: .  

Falando assim, parece que “Catedral da Sé” é um pleonasmo. Mas não é, porque a palavra “sé” foi ganhando um significado mais amplo com o passar dos séculos: passou a se referir a todo o território da diocese, e não apenas à igreja onde ela fica sediada. Ou seja: o nome significa, na prática, “Catedral da Sé de São Paulo”.

Nem todo o município de São Paulo, diga-se, pertence à diocese. As zonas Leste e Sul são tão grandes que acabaram ganhando dioceses separadas: as de São Miguel e Santo Amaro, respectivamente. Isso reflete, também, o fato de que Santo Amaro e outros bairros adjacentes, originalmente, outro município uma história que você entende melhor aqui.

 

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Super impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.