Assine SUPER por R$2,00/semana
Imagem Blog

Oráculo

Por aquele cara de Delfos
Ser supremo detentor de toda a sabedoria. Envie sua pergunta pelo inbox do Instagram ou para o e-mail maria.costa@abril.com.br.
Continua após publicidade

Os ratos moram em buracos na parede que nem o Jerry?

Morar, geralmente não. Mas eles têm, sim, o hábito de acessar residências por orifícios, vãos ou rachaduras.

Por Rafael Battaglia
14 jul 2021, 10h20

Mais ou menos. Ratos entram em residências por meio de vãos e rachaduras pré-existentes – o bicho não esculpe uma porta perfeitamente arredondada como nos desenhos.

O buraco não precisa ser grande (eles passam por orifícios do tamanho de uma moeda) nem muito próximo do chão (os fãs de queijo são ótimos escaladores). Vale lembrar que as casas americanas têm paredes mais frágeis que as brasileiras: aqui, o padrão é alvenaria; lá, dry wall.

A diferença para o desenho é que raramente a pestinha orelhuda vive logo atrás da parede por onde circula. Geralmente, a fissura é só uma passagem para o lado externo, onde fica a toca propriamente dita.

Cavar casinhas subterrâneas é um hábito de muitos roedores, incluindo a espécie de Jerry, de nome científico Mus musculus. Lá eles protegem seus filhotes de predadores – alô, Tom? – e variações de temperatura e umidade.

Continua após a publicidade

“Alguns vivem quase exclusivamente no subsolo, como os tucotucos, comuns no sul do Brasil”, explica Pablo Gonçalves, do Instituto de Biodiversidade e Sustentabilidade da UFRJ.

Pergunta de Aline Canella, Caxias do Sul, RS

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Super impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.