Assine SUPER por R$2,00/semana
Imagem Blog

Oráculo

Por aquele cara de Delfos
Ser supremo detentor de toda a sabedoria. Envie sua pergunta pelo inbox do Instagram ou para o e-mail maria.costa@abril.com.br.
Continua após publicidade

Por que às vezes enxergamos vermes transparentes?

Sabe as minhoquinhas que parecem estar no primeiro plano da visão? Elas são chamadas de "moscas volantes"

Por Oráculo
Atualizado em 28 out 2021, 18h35 - Publicado em 18 Maio 2018, 12h56

Pode ficar tranquilo – eles não são vermes e, sim, corpos fibrosos presentes na substância gelatinosa entre a retina e o cristalino. Conforme a mudança da pressão dentro do olho, os corpos se aglutinam e ficam mais evidentes. Transformam-se nas chamadas “moscas volantes” – fiozinhos que flutuam e lançam sombras na retina.

Tem gente que vê bolinhas, teias de aranha, pelos – ou vermes psicodélicos. Você tenta focar em um deles, mas saem correndo antes que você consiga identificá-los. Dá para vê-los melhor quando olhamos para superfícies planas, iluminadas e de uma única cor.

As moscas volantes são mais comuns em pessoas míopes, diabéticas e que já fizeram cirurgias oculares. Elas não representam perigo para a saúde – a não ser que aumentem de uma hora para outra ou sejam acompanhadas de flashes de luz e de perda da visão periférica. Esses são sinais do descolamento de retina, que pode levar à cegueira. Em casos extremos, você pode se submeter a uma vitrectomia, cirurgia em que o gel vítreo é substituído por uma substância líquida e salina.

Pergunta de Willian Morais, Belo Horizonte, MG

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Super impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.