Assine SUPER por R$2,00/semana
Imagem Blog

Oráculo

Por aquele cara de Delfos
Ser supremo detentor de toda a sabedoria. Envie sua pergunta pelo inbox do Instagram ou para o e-mail maria.costa@abril.com.br.
Continua após publicidade

Por que “pinel” virou sinônimo de “louco”?

Por causa do nome de um hospital psiquiátrico – que por sua vez é uma homenagem a um dos pioneiros da psiquiatria, o francês Philippe Pinel.

Por Bruno Vaiano Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
15 Maio 2019, 16h56

Por causa do Instituto Philippe Pinel, um hospital psiquiátrico fundado no bairro do Botafogo, no Rio de Janeiro, em 1937. O nome atual, tão famoso, só veio em 1965: no começo, o local se chamava “Instituto de Neurossífilis”, e era uma das várias unidades do Hospício Pedro 2º, fundado ainda no Brasil Império.

O tal Pinel é um médico francês do século 17 que foi pioneiro da psiquiatria – é comum homenageá-lo em hospitais.

O bairro de Pirituba, em São Paulo, tem seu próprio Pinel desde 1929 – ainda mais antigo que o do Rio. O Pinel paulistano era originalmente uma fazenda de terreno amplo e localização isolada, voltada a pessoas de classe alta que tinham familiares com deficiência. Hoje, é um hospital psiquiátrico público em meio a um bairro movimentado – ao longo do século 20, a cidade cresceu até alcançá-lo.

Se o Pinel se chamasse “Silva”, é claro, a palavra não teria pego tão fácil: o sobrenome curto, exótico e sonoro ajudou.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Super impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.