Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

O que fazer com brinquedos eróticos velhos?

Por Débora Spitzcovsky Atualizado em 21 dez 2016, 10h25 - Publicado em 28 jan 2010, 17h07

Doá-los para quem quer que seja, é impossível. E, por isso, a maioria dos brinquedos eróticos – inclusive os eletrônicos! – acabam esquecidos em alguma gaveta ou, então, são descartados no lixo comum.

Mas você sabia que é possível reciclá-los? Na Inglaterra, a empresa LoveHoney Rabbit Amnesty – que comercializa brinquedos eróticos – lançou a moda: quem tiver um vibrador que não usa mais em casa pode enviá-lo (devidamente higienizado, claro!) pelo correio para a empresa. O brinquedo será encaminhado para reciclagem e, de quebra, a dona do artigo ganha desconto de 50% em um novo vibrador, como prêmio por sua consciência ecológica.

Para cada brinquedinho velho enviado, a empresa ainda promete doar £1 para instituições de caridade e tudo o que o dono do vibrador tem que pagar é a taxa de envio pelo correio e, claro, o novo vibrador.

A iniciativa aumenta as vendas dos produtos da LoveHoney Rabbit e, também, é uma alternativa para a vergonha dos ingleses. Existe uma série de centros de reciclagem de lixo eletrônico na Inglaterra, que possuem sites para fazer o mesmo trabalho da LoveHoney Rabbit. A diferença é que, nesses portais, é preciso se identificar e muitos ainda preferem o anonimato oferecido pela empresa.

Aqui no Brasil, ainda não temos escolha: o jeito é mostrar a cara e perguntar aos centros de reciclagem de eletrônicos se eles aceitam brinquedos eróticos. Você tem coragem? Agradeceria se alguma empresa brasileira tivesse a mesma atitude da LoveHoney Rabbit?    

Leia também:
Prazer sustentável
Na cama com a sustentabilidade
Devagar é mais gostoso 

*LoveHoney Rabbit

Siga o Planeta Sustentável:
@psustentavel
@planetanoparque
facebook
orkut

Continua após a publicidade
Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Transforme sua curiosidade em conhecimento. Assine a Super e continue lendo

Impressa + Digital

Plano completo da Super. Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da SUPER, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Receba mensalmente a SUPER impressa mais acesso imediato às edições digitais no App SUPER, para celular e tablet.

a partir de R$ 12,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

App SUPER para celular e tablet, atualizado mensalmente.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)