Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Roupas de lixo: você usaria?

Por Marina Franco Atualizado em 21 dez 2016, 10h30 - Publicado em 10 ago 2011, 11h52


Foto: Caitlin Margaret Kelly/ Divulgação

Embalagens de PET, câmaras de bicicletas, caixas longa vida e sobras de tecido são a matéria-prima do trabalho da designer portenha Aidana Baldassarre. Com esses resíduos, a artista monta peças de roupa à mão – sem fazer moldes – e aborda a questão do lixo de uma forma criativa.

Seu projeto, batizado de Avantgarb{age}uma brincadeira com as palavras  avant-garde (vanguarda, em francês) e garbage (lixo, em inglês) -, foi registrado pela fotógrafa norte-americana Caitlin Margaret Kelly, que conheceu durante o desfile de suas roupas singulares em uma semana de moda de Buenos Aires. A série virou exposição fotográfica e está no livro Avantgarb{age} – A arte de vestir lixo, que será republicado na Argentina em papel reciclado e deverá ganhar uma versão para iPad.

Os modelos que vestem as peças são amigos e conhecidos da dupla. “Optamos por homens e mulheres sem experiência em modelagem. Nós gostamos de chamá-los de não-modelos, por dois propósitos: promover tipos de corpo saudáveis e reforçar que a reciclagem e essa arte é para todos”, afirma a fotógrafa Caitlin no site do projeto*, onde você pode ver mais fotos.

É uma moda menos luxuosa e mais despojada, mas já tem os seus adeptos! Baldassarre produziu réplicas de alguns modelos, encomendadas por expectadores de seus desfiles. Avantgarb{age}, primeiro, desperta a atenção para o descarte certo e reaproveitamento de embalagens ou objetos – afinal, eles ainda têm algum valor. E também instiga as pessoas a pensarem se usariam roupas feitas de lixo. Aproveite, então, e responda: você sairia com uma calça de caixinhas de leite ou uma saia feita de pneu?

*Avantgarb{age}

Leia também:
Catalytic Clothing: um vestido que purifica o ar

Bitucas de cigarro são usadas para confeccionar roupas em Paris
Que tal um chapéu que toca música?

Siga o Planeta Sustentável:  

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Transforme sua curiosidade em conhecimento. Assine a Super e continue lendo

Impressa + Digital

Plano completo da Super! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da SUPER, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Receba mensalmente a SUPER impressa mais acesso imediato às edições digitais no App SUPER, para celular e tablet.

a partir de R$ 19,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Acesso ilimitado ao Site da SUPER, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

App SUPER para celular e tablet, atualizado mensalmente.

a partir de R$ 12,90/mês