Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês
Se Conselho Fosse Bom Por Blog Coluna semanal de perguntas práticas, sentimentais e existenciais enviadas por leitores da SUPER. Por Karin Hueck

“Fico emendando namoros há 10 anos. Será que eu deveria ficar sozinho?”

Será que é tão difícil ficar sozinho? E como ajudar alguém com depressão, sem se deprimir também?

Por Karin Hueck 17 out 2017, 17h35

Eu namoro emendado desde os 15 anos e nunca fiquei mais de 1 mês solteiro. Hoje, aos 25 anos, acabo de ficar solteiro. Será que devo esperar um tempo antes de ficar com outra pessoa? É normal não se sentir bem solteiro? Ps: Eu que terminei com todos meus relacionamentos.
– Namoradão
Caro namoradão
Não teria nada errado em namorar o tempo todo (assim como não teria nada errado em não namorar o tempo todo), mas acho que você deveria ficar sozinho. Primeiro, porque você diz não se sentir bem solteiro. Segundo, porque você terminou todos os relacionamentos. Me parece claro que você entra nos namoros simplesmente porque não quer ficar sozinho – e esse não é um motivo bom o suficiente. Tente descobrir o que te faz feliz, independente das outras pessoas. E faça uma promessa para si mesmo de que só vai namorar de novo quando estiver perdida e irremediavelmente apaixonado. Algo me diz que esse relacionamento vai durar. 🙂

Há dois anos namoro uma pessoa que gosto muito e que me faz muito feliz. Ao longo desses anos, ela se apegou muito a mim, chegando a me sufocar em determinados momentos. Acontece que, por conta da faculdade, ela precisou se mudar para outra cidade. Nos vemos toda semana, porém a mudança de rotina e a distância fez com ela entrasse em depressão. Estou completamente perdido, porque, ao mesmo tempo em que me sinto culpado e tento fazer de tudo para ajudá-la, tenho que lidar com um pai alcoolátra sem ninguém para me dar suporte. Tenho medo de não conseguir lidar com tantos problemas.
– Entre a cruz e a espada
– Caro entre a cruz
A prioridade, neste momento, é você não adoecer. Para que a sua namorada possa melhorar, você também precisa manter a sua sanidade mental. Dar apoio para pessoas doentes (lembrando que depressão e alcoolismo são doenças) é um trabalho hercúleo, que pode afetar a saúde de qualquer um. É importante ajudar a sua namorada – mas o que você pode fazer é encaminhá-la a profissionais indicados. Ajude-a a encontrar um bom psicólogo e um psiquiatra, e confie que eles serão muito mais gabaritados em tratá-la. Ofereça o ombro e o ouvido, mas tenha claro que são os especialistas que vão tirá-la dessa.

Continua após a publicidade

Publicidade
Comportamento
“Fico emendando namoros há 10 anos. Será que eu deveria ficar sozinho?”
Será que é tão difícil ficar sozinho? E como ajudar alguém com depressão, sem se deprimir também?

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Transforme sua curiosidade em conhecimento. Assine a Super e continue lendo

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

App SUPER para celular e tablet, atualizado mensalmente.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)

Impressa + Digital

Plano completo da Super. Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da SUPER, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Receba mensalmente a SUPER impressa mais acesso imediato às edições digitais no App SUPER, para celular e tablet.

a partir de R$ 12,90/mês

Publicidade