Assine SUPER por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Confira uma entrevista com Dark Writer, o escritor brasileiro que não mostra sua face

Por xistudocult
Atualizado em 4 jul 2018, 20h33 - Publicado em 3 jun 2015, 17h16

Por Felipe Sali

Na Mundo Estranho de Junho, nós escrevemos uma matéria super bacana explicando como publicar o seu próprio e-book e fazê-lo bombar. Para isso, nós conversamos com diversos autores que alcançaram o seu lugar ao sol através da internet, que nos deram conselhos preciosos.

Um deles é o Dark Writer, um escritor misterioso que nunca revela a sua identidade e já fazia sucesso com os seus romances desde a época do Orkut. Essa espécie de Mister M da literatura conseguiu formar um verdadeiro exército editorial ao seu redor: um leitor fazia as ilustrações, outro traduzia para o inglês e por aí vai.

Até o dia em que ele chamou a atenção de Barry Cunningham, o homem responsável por descobrir e publicar um tal de Harry Potter. Hoje, Barry e Dark estão trabalhando no seu primeiro livro físico, que será lançado em vários países, simultaneamente. Tudo indica que o DW será a próxima grande coisa da literatura brasileira, se já não é.

Confira o bate-papo.

Continua após a publicidade

Eu nem ao menos sei se você é homem ou mulher. De onde surgiu a ideia de criar a identidade do Dark Writer para postar o seu livro na internet?
É que Dark Writer é realmente outra parte de mim, não exatamente eu. Ele, ou ela, que tem o poder de detalhar a minha escrita para o livro.

Para você, tudo aconteceu por conta da internet. Na sua opinião, qual é a importância da internet para os novos autores?
Muito importante, pois é onde você pode pedir a opinião de cada pessoa do mundo. Essas pessoas, não sendo realmente conhecidas por você, te respondem do jeito mais verdadeiro. Teve muita gente que gostou da minha história, e isso me fez evoluir ainda mais.

Como foi o contato com o gigante do mercado editorial, Barry Cunningham?
Uma leitora Inglesa falou sobre o projeto com ele, há três anos.

E a quantas anda o projeto do seu livro físico? No que vocês estão trabalhando nesse exato momento?
Eu estou escrevendo os capítulos finais no momento, mas não sei o dia que irei realmente terminá-los. Afinal a escolha não é minha, pois tudo pertence a minha criatividade. E quero o melhor para meus queridos leitores.

Continua após a publicidade

Que conselho você daria para os novos autores que estão se arriscando na autopublicação online?
O futuro é misterioso e cheio de acontecimentos, e acredito que você pode se tornar o que quiser.

Para mais histórias como a dele (ou dela), leia a edição de Junho da ME. Você também pode ler o primeiro capítulo do livro, neste link.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Super impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.