GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Caminhoneiros no tabuleiro

Carga Máxima – jogo para dois ou seis participantes, produzido pela Grow Jogos e Brinquedos S.A.

A vida de caminhoneiros não é fácil. Para quem quiser conferir divertindo-se, algumas das agruras desses profissionais estão disponíveis agora em jogo de tabuleiro. Em Carga Máxima, cada jogador representa um irmão de estrada às voltas com ordens de serviços, caminhos tortuosos ou bloqueados, imprevistos e até ladrões de carga. O tabuleiro é uma reprodução esquematizada da malha rodoviária brasileira.
Nele estão identificadas as capitais e algumas grandes cidades, que são apontadas às vezes como origem, às vezes como destino, num baralho com dezenas de ordens de serviço. Cada uma dessas ordens especifica, ainda, qual a carga a ser transportada e a respectiva remuneração. A posse de uma delas permite ao participante levar o seu caminhão até a cidade de origem, carregá-lo (literalmente, com pecinhas plásticas que simbolizam a carga) e ir descarregá-lo na cidade de destino.
Três ordens de serviço são distribuídas para cada jogador logo no início do jogo, enquanto outras podem ser ganhas ao longo da partida. Porém, a maior parte delas terá mesmo de ser comprada em duros leilões, que inflacionam seu custo e diminuem sua rentabilidade – é a livre concorrência, baixando o preço dos fretes. Os caminhões movem-se segundo o resultado do lançamento de um dado, mas quem escolhe o caminho é o jogador. Assim, é possível planejar uma rota que cumpra várias ordens de serviço numa só viagem.
Não dá para ficar admirando a paisagem, pois é preciso estar atento aos freqüentes leilões de novas ordens de serviço, entre as quais pode haver algumas que lhe interessem, por já estarem em sua rota, ou próximas dela. Quando o jogo esquenta, o jogador se vê administrando um grande número de variáveis – algumas aleatórias –, que dão a sensação de estar numa banguela sem freios. Nesse ponto é fundamental engatar uma reduzida e pensar rápido, antes que o prejuízo seja inevitável.
O dado, infelizmente, tem uma influência demasiado forte no resultado da partida, o que pode causar frustração. Para evitá-las pode-se aboli-lo após as adaptações necessárias, predeterminando um valor fixo para todas as jogadas – digamos, três. A ser testado pelos caminhoneiros mais cerebrais.