Clique e Assine SUPER por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

Como cair sem se machucar (muito)

A cada ano, 540 mil pessoas morrem no mundo por causa de tombos. Cair é inevitável, mas não precisa ser um perigo – nem doer tanto. Conheça alguns truques

Por Thais Harari
12 jan 2018, 20h15

Do chão não passa

Quando você perceber que está caindo, tente ficar calmo – e deixe braços, pernas e pescoço relaxados. Se você cair “duro”, a chance de se machucar é maior.

Não tente se proteger pondo as mãos para a frente. Se fizer isso, você irá bater e raspar cotovelos e punhos no chão. O melhor é tentar cair de lado (veja dicas a seguir).

Caindo de frente

1. Vire o rosto de lado.

(Estúdio Pingado/Superinteressante)

2. Faça uma leve rotação com o corpo, no mesmo sentido da cabeça. Assim,você cairá de lado – e o impacto será absorvido pela lateral da coxa e pela parte de trás do ombro, que são regiões menos sensíveis.

(Estúdio Pingado/Superinteressante)

3. Mantenha os braços flexionados e alinhados com as palmas das mãos. Assim que tocar o solo, dê um tapa forte no chão. Isso ajudará a distribuir o impacto da queda.

Continua após a publicidade
(Estúdio Pingado/Superinteressante)

Caindo de costas

1. Encoste o queixo no peito e vire a cabeça para o lado.

(Estúdio Pingado/Superinteressante)

2. Mantenha os braços flexionados e alinhados com as palmas das mãos. Assim que tocar o solo, dê um tapa forte no chão para amortecer o impacto.

(Estúdio Pingado/Superinteressante)

3. A força da queda poderá fazer com que suas pernas sejam jogadas para trás. Não lute contra isso. Deixe as pernas subirem, pois isso distribui a energia da queda. O seu corpo poderá dar uma cambalhota para trás. Se isso acontecer, apoie o peso do corpo sobre os ombros.

Continua após a publicidade
(Estúdio Pingado/Superinteressante)

Caindo do banquinho

Ele bambeou e você foi abaixo? Flexione os joelhos: além de amortecer a queda, isso diminuirá a altura entre o seu corpo e o chão. Depois é só seguir as dicas anteriores (para queda frontal ou de costas).

(Estúdio Pingado/Superinteressante)

Caindo de bêbado

A queda não parece tão dolorosa, pois a pessoa está entorpecida pelo álcool. Mas cuidado com a cabeça. Um estudo que analisou as quedas de 113 bêbados constatou que, em 48% dos casos, houve lesões nessa região.

(Estúdio Pingado/Superinteressante)

Caindo da escada

Rolar pela escada pode levar a ferimentos gravíssimos. Nessa situação, o melhor a fazer é adotar uma política de redução de danos – e proteger o rosto. Use os braços como apoio para que ele não bata no chão.

Continua após a publicidade
(Estúdio Pingado/Superinteressante)

Fontes: Vera Lúcia Sugai e Sumio Tsujimoto, da academia Kyto; Livro Principles of Stage Combat, de Claude D. Kezer; Artigo Alcohol Related Falls: An Interesting Pattern of Injuries, Hospital de Ulster (Irlanda); Global Burden of Disease Study 2010, Organização Mundial da Saúde

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Super impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 14,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.