GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Como funciona uma megaliquidação?

O que acontece por trás das liquidações que atrai centenas de pessoas que estão atrás de preços baixos.

Vale tudo para conseguir a geladeira dos sonhos pela metade do preço? Tem gente que acha que sim. É para esse pessoal que as redes de móveis e eletrodomésticos organizam as megaliquidações, promoções de queima de estoque que dão grandes descontos nos produtos por um único dia.

FILA

O público na loja chega a ser 5 vezes maior do que o normal. E muita gente chega lá horas ou dias antes da abertura das portas. É só por isso que as redes abrem cedo: às 5h ou às 6h.

LARGADA
Os mais vendidos nessas liquidações são TV, fogão, geladeira e micro-ondas. É para eles que consumidores costumam correr. Para evitar tumulto, a entrada é liberada em grupos.

LINHA DE FRENTE

Itens anunciados em rádios, jornais e TV ficam na entrada da loja. A procura por esses produtos é maior, por isso as lojas compram mais unidades deles.

DESCONTOS

A ordem é limpar o estoque. Tem mais desconto o produto que estiver quase saindo de linha. O total do abatimento – que pode chegar a 70% – é decidido com os fabricantes.

SEGURANÇA

Uma viatura de segurança privada ronda a loja para proteger os clientes carregados de compras. Muitas vezes a Polícia Civil da cidade também é avisada e fica atenta.

FUNCIONÁRIOS

Vendedores temporários ajudam no atendimento. Executivos que planejaram a liquidação, como os de marketing, vão para as lojas coordenar a organização.

DINHEIRO

Normalmente uma transportadora de valores recolhe o dinheiro do caixa uma vez ao dia. Na liquidação, são várias viagens, para evitar o risco de manter muito dinheiro na loja.


Fontes Magazine Luiza e Nilso Berlanda, presidente das Lojas Berlanda.

Autores: Larissa Santana, Gabriel Gianordoli, Raphael Soeiro e Luciano Veronezi