GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Confissões

Santo Agostinho

NOME ORIGINAL_Confessiones (Império Romano)
EDIÇÃO NO BRASIL_ Paulus; 1984


DO QUE TRATA

Confissões é a primeira autobiografia da história. Nela, Santo Agostinho revela seus pecados desde a infância e conta o processo que o levou à conversão ao catolicismo, aos 32 anos, após ler as Epístolas do apóstolo Paulo. A obra traz ainda a confissão da fé e a confissão do louvor.

QUEM ESCREVEU

Santo Agostinho (354-430) nasceu na Numídia (atual Argélia) e estudou retórica em Cartago, onde teve um filho ilegítimo antes dos 20 anos. Em Milão, conheceu o neoplatonismo. Após a morte da mãe de seu filho, entrou para o sacerdócio. Mais tarde fundou uma ordem religiosa.

POR QUE MUDOU A HUMANIDADE

Agostinho, bispo de Hipona (Argélia), foi o responsável por unir a filosofia platônica à religião cristã. É considerado um dos principais pensadores da patrística, que formulou as doutrinas católicas para se opor ao paganismo e às heresias. A obra expõe duas de suas principais teorias, o livre-arbítrio e a graça divina. O livre-arbítrio é concebido como o movimento do homem em direção ao bem, que é a fé cristã, e contra as “tentações”. Portanto, o homem aparece como responsável por seus pecados. Porém é Deus quem escolhe aqueles que alcançarão a salvação, pela graça divina.