GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Da bomba à panela

Um jovem químico americano, Roy Plunkett, trabalhava há dois anos em uma fábrica de produtos químicos quando descobriu o teflon. Plunkett estava pesquisando o uso de gases na produção de refrigerantes. Ao abrir um tanque de metal que deveria estar cheio de gás, no dia 6 de abril de 1938, encontrou em seu lugar um pó branco. Depois de várias experiências, percebeu que o polímero, uma substância formada pela reunião de várias moléculas do gás original, era praticamente inerte, não reagia com quase nada. Mas o pó era também caro demais. A descoberta não teria dado em nada se o general Groves, comandante militar do projeto de construção da bomba atômica, não tivesse ouvido histórias sobre a descoberta. O plástico serviu para fazer a bomba, ao vedar os tubos por onde passava um gás altamente corrosivo. Hoje é usado na cozinha e na medicina, para revestir panelas ou em trajes espaciais. Plunkett tinha 28 anos.