GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Fumaça artificial é uma nuvem de gases

Que gases são colocados nas máquinas de fumaça usadas em shows e danceterias? São perigosos?

Não há fogo onde esse tipo de fumaça aparece. Usam-se três tipos de produto. O mais comum é o gelo seco, que nada mais é que gás carbônico congelado a 72 graus Celsius negativos. Quando liberado, forma gotículas que parecem fumaça. Não faz mal para o organismo, mas pode provocar um miniefeito estufa em lugar fechado. “O gás carbônico absorve muito o calor e esquenta o local”, diz o químico Atílio Vanin, da Universidade de São Paulo.

Outro método, freqüente no teatro, é a mistura de água e glicerina. Esquentada, ela condensa. O único inconveniente é que a fumaça, quando depositada em algum lugar, fica grudenta. O terceiro tipo é o mais perigoso. O material empregado é o cloreto de amônia, que, quando esquentado, vira vapor. Ao entrar em contato com o ar, se transforma em partículas que ficam em suspensão. Esse pozinho irrita os olhos e o sistema respiratório.