Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Imigrantes diminuem a violência

A imigração melhora índices de segurança - e economia - das cidades

Por Karin Hueck Atualizado em 4 jan 2017, 12h56 - Publicado em 4 jan 2017, 12h54

Ao contrário do que um diz certo presidente americano de cabeleira loira, a imigração diminui os níveis de violência.

Pesquisas mostram que imigrantes vão menos para a cadeia do que os nascidos no país: 1,6% contra 3,3%. Além disso, os estrangeiros melhoram os níveis de criminalidade nas cidades grandes. Nos EUA, as metrópoles que mais receberam forasteiros tiveram a maior queda de assassinatos e assaltos. Em Nova York, por exemplo, o aumento de 1% no número de imigrantes em um bairro faz com que 996 crimes deixem de ser cometidos. A teoria é que quem tenta reconstruir a vida em um lugar novo não vai fazer a besteira de cometer um crime e botar tudo a perder.

LEIA: A ciência segundo Donald Trump

De acordo com a pesquisa sobre a Big Apple, os ganhos não são só sociais – são monetários também. Acredita-se que sem os imigrantes que chegaram à cidade nos últimos 40 anos, Nova York deixaria de ter levantado US$500 bilhões em impostos desde a década de 1970.

Continua após a publicidade

Publicidade