GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Líquido gelado faz comprimido efervescente borbulhar devagar

Quando estão em temperatura ambiente, as moléculas do comprimido trombam umas com as outras várias vezes.

Por que os comprimidos efervescentes se dissolvem mais rápido em água natural do que em água gelada?

Porque o calor ajuda na reação. O comprimido é formado basicamente por carbonato, bicarbonato de sódio e um ácido. Quando colocadas na água, essas substâncias reagem. Como em qualquer outra combinação química, o calor acelera o processo. “Para que uma reação aconteça, é preciso que as moléculas das substâncias envolvidas se choquem umas com as outras”, explica o químico Atílio Vanin, da Universidade de São Paulo.

Se a água estiver muito fria, o movimento das moléculas será bem menor e a chance delas trombarem também é pequena. À medida que a água esquenta, aumentam as chances da colisão e conseqüentemente a reação passa a ocorrer com maior rapidez.

Bolha pra todo lado

A reação química é acelerada pelo calor da água do copo.

Em contato com a água, as moléculas começam a se chocar, liberando o gás carbônico, que forma as bolhas.

O comprimido é composto por bicarbonato, carbonato de sódio e um ácido.