Clique e Assine por apenas 8,90/mês

Maconha legalizada movimentou US$ 5,4 bilhões nos EUA

Estudo mostrou que, entre 2014 e 2015, o mercado cresceu 800 milhões de dólares.

Por Felipe Germano - Atualizado em 31 out 2016, 19h05 - Publicado em 5 fev 2016, 13h45

Muito se discute sobre a legalização da maconha no Brasil e no mundo, e um novo argumento acaba de chegar às mesas de bar: agora é comprovado que, pelo menos nos Estados Unidos, a regulamentação da produção e do comércio da cannabis e seus derivados se mostrou um negócio extremamente lucrativo, na casa dos bilhões de dólares.

De acordo com a New Frontier e a Arc View Group, empresas especializadas em coletar dados relacionados à maconha, durante o ano de 2015 a cannabis legalizada gerou uma movimentação de 5,4 bilhões de dólares (R$ 21 bilhões). O número representa um aumento de 800 milhões de dólares, em comparação com os 4,6 bilhões registrados em 2014.

Leia também: 5 mitos ou verdades sobre a maconha

O lucro não vem só da venda da planta em si, mas de todos os derivados e dos acessórios relacionados ao consumo e produção. Wall Street recebe cada vez mais novos investidores e empresas interessadas em agir dentro do campo de negócios abrangido pela maconha.

Continua após a publicidade

Acredita-se que com o passar do tempo mais investidores apostem nesse mercado. “Ainda existe um certo estigma em torno do assunto”, contou ao New York Times Brandy There, cofundador de uma empresa que cria produtos para cultivo da cannabis, a Surna.

Se a tendência se mantiver, 2016 será um bom ano para o mercado da erva. Os responsáveis pela pesquisa dizem que, durante esse ano, 6,7 bilhões de dólares (R$ 26 bilhões) serão movimentados pela maconha legalizada.  

Leia também:
Conheça a fantástica fábrica de chocolate com maconha
Como funciona a produção e venda de maconha no Colorado
7 grandes polêmicas de 2015

Publicidade