GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

O que é um fiel da balança?

O ponteiro que indicava o ponto de equilíbrio virou sinônimo de confiabilidade e fator de desempate

Senta que lá vem a história: no começo do século 20, quando não existiam supermercados, os alimentos eram comprados em vendas e armazéns onde tudo era pesado em balanças mecânicas. O processo era feito por comparação. De um lado, colocava-se um peso-padrão, e, do outro, a mercadoria a ser comprada. Quando a balança entrava em equilíbrio, era sinal de que a massa dos dois pratos eram iguais e calculava-se o preço. E o ponteirinho que indicava o ponto de equilíbrio entre as duas massas era chamado de o fiel da balança.

A balança com fiel começou a ser substituída na década de 1930, com a chegada dos modelos semiautomáticos, que funcionavam com um prato apenas e um ponteiro que indicava a massa em quilos em uma escala. A expressão “fiel da balança”, porém, continua sendo usada até hoje. Por indicar o equilíbrio entre dois lados, se refere a um mediador confiável ou pessoas com o poder de influenciar de forma decisiva o resultado de uma disputa.

De ponteiro a pontual

Todos os sentidos do “fiel da balança”

O DECIR
O fator que decide uma disputa muito acirrada. Ex.: “A classe média é o fiel da balança do equilíbrio político americano”.

O PREVISÍVEL
Enquanto outros variam, ele se mantém estável. Ex.: “As ações desta empresa são o fiel da balança na Bolsa”.

A PECINHA
No sentido original, era o ponteiro das balanças antigas, que indicava qual lado estava mais pesado.

A PRIORIDADE
Entre várias opcões, a que é posta na frente. Ex.: “Na hora de fazer as malas, o fiel da balança é a calça jeans”.

O CONFIÁVEL
Sujeito ponta-firme, que nunca deixa você na mão. Ex.: “Fulano é o fiel da balança – você sempre pode contar com ele”.