GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

O Vermelho e o Negro

Stendhal

NOME ORIGINAL_Le Rouge et le Noir (França)
EDIÇÃO NO BRASIL_ Cosac & Naify; 2003

 


DO QUE TRATA

Filho de um carpinteiro, Julian Sorel tem muitas ambições. Sonha com o exército de Napoleão, mas a queda do império leva-o à batina, que ele vê como única forma de sair da província e ascender socialmente. Começa a vida como professor particular em sua cidade e, fi nalmente em Paris, convive com a burguesia e a aristocracia. Na política e no amor, a hipocrisia é a marca de Sorel.

QUEM ESCREVEU

Stendhal (1783-1842) se chamava, na verdade, Henri Beyle. De origem humilde, entrou para o exército de Napoleão, pelo qual lutou na Alemanha, na Rússia e na Itália. Este último tornou-se seu país de adoção e lá passou boa parte da vida, como cônsul francês. Admirador das artes, fez romances, ensaios e uma história da pintura. Não era apreciado pelos contemporâneos e jamais teve sucesso. “Serei compreendido em 1900”, afirmou.

POR QUE MUDOU A HUMANIDADE

O Vermelho e o Negro é o romance fundador do realismo, movimento em que o foco está na narração objetiva e direta dos fatos e do contexto, aliada à aguda análise psicológica dos Personagens. Nessa nova forma de ver o mundo, o idealismo dá lugar a um olhar perspicaz sobre as motivações das ações humanas na sociedade.