Assine SUPER por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Onde dói mais fazer tatuagem?

Os lugares mais dolorosos têm sempre pele muito fina e com pouca gordura e são cheios de terminações nervosas - ou têm ossos próximos à superfície da pele.

Por Anderson Fernandes de Oliveira
Atualizado em 29 mar 2017, 18h41 - Publicado em 19 nov 2012, 22h00
Clique na imagem para ampliar (Tainá Ceccato/iStock)

Cabeça

Na testa a dor é maior, pois um importante nervo, o trigêmeo, está mais exposto. No resto, dói menos. Apesar de o crânio ser tão superficial quanto os ossos do pé, a pele aí é forte. Afinal, ela protege o cérebro.

Lábios

Vai sangrar, vai arder. Mas não vai doer como na palma da mão, por exemplo. A parte mucosa do beiço é grossa, feita para proteger das mordidas – dadas por engano ou não.

Pescoço

Por ligar a cabeça a todo o corpo, tem muitas terminações nervosas. A pele aqui é mais fina e com poucos lipídeos, o que caracteriza uma derme seca, mais suscetível à dor.

Continua após a publicidade

Peito

O peito tem menos músculos que as costas. Eles podem crescer mais rápido com malhação e, assim, um fortão sente menos dor ao tatuar o tórax do que um magrelo.

Costela

Costelas estão próximas da pele. Quanto menos grossa for a camada de gordura sobre elas, mais intensa é a dor. Por isso, os magros sofrem mais ao tatuar nesse local.

Palma da mão

Tem função neurossensorial e está em constante comunicação com o cérebro. Ou seja, temos mais terminações nervosas e, portanto, tatuagem nessa área dói mais.

Continua após a publicidade

Região genital

Por ser erógena, tem muitas terminações. E a tatuagem anal, hit na internet recentemente (embora tatuar a bunda toda seja uma prática antiga), também dói. O ânus é uma mucosa com microrrachaduras e muito sensível.

São 29 ossinhos cobertos por pouca pele. E a dor piora se a tatuagem for na planta, a famosa sola do pé. Ela é muito sensível e tem ligações com todas as partes do corpo.

 

Fontes: Cyro Hirano, dermatologista, membro da Sociedade Brasileira de Laser em Medicina e Cirurgia; Daniel Gontijo Ramos, dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia; Geleia e Leo Tressino, tatuadores profissionais.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

A ciência está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por SUPER.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Super impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.