GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Pegadas dos astronautas estão preservadas na Lua

A bandeira deixada pelos americanos na Lua continua lá até hoje?

Provavelmente sim, embora ninguém fique controlando. E nunca tremulou, em 28 anos, pois na Lua não há vento. Doze astronautas norte-americanos estiveram na Lua, transportados pelas naves Apollo, entre 1969 e 1972. Se ninguém apagar e nenhum meteorito cair em cima, até as pegadas deles deverão permanecer na superfície do satélite por centenas de milhares de anos. As bases das naves que pousaram e depois decolaram de volta para a Terra também ficaram. Idem para a placa assinada pelo presidente Richard Nixon, que declara: “Viemos em paz, em nome de toda a humanidade”. Tudo deve continuar lá, intocado. “A erosão que acontece na Lua ocorre por gravidade (como a poeira que escorrega da borda íngreme de uma cratera), por pequenos tremores de terra ou pelo impacto de meteoritos e raios cósmicos”, enumera a géologa planetária brasileira Rosaly Lopes-Gautier, da Nasa. Como essas forças possuem efeitos reduzidos e não há nada capaz de mexer no que os americanos deixaram, é provável que a bandeira levada pelos astronautas Neil Armstrong e Buzz Aldrin, os primeiros homens a pisar no satélite, continue enfiada no solo lunar por 1 milhão de anos.