Clique e assine a partir de 8,90/mês

Por que gays são gays?

Por Da Redação - Atualizado em 31 out 2016, 18h46 - Publicado em 30 jun 2008, 22h00

Texto Rafael Tonon

“Pesquisas sugerem que ações hormonais ocorridas durante o desenvolvimento do feto podem provocar alterações em regiões do cérebro relacionadas à identidade sexual.”

Qazi Rahman, cientista da área de psicobiologia da Universidade East London.

“Em pesquisa, percebemos que uma das regiões do cromossomo X é idêntica em muitos irmãos gays e descobrimos que ela realmente está relacionada à homossexualidade.”

Dean Hamer, geneticista e diretor do Instituto nacional do Câncer dos EUA.

“Variações biológicas, como genes, hormônios pré-natais e neuroanatomia não são suficientes para determinar a orientação sexual. As escolhas da criança também desempenham um papel importante: elas serão atraídas por aqueles de quem se sentiram diferentes.”

Daryl Bem, psicólogo da Universidade Cornell, no estado de Nova York.

“Há evidências de que a homossexualidade é uma capacidade aprendida, não algo com que se nasce. Não existe um impulso natural para o sexo. As atividades sexuais são parecidas em diferentes culturas, mas as motivações que levam as pessoas ao sexo são diferentes.”

John Gagnon, sociólogo da Universidade do Estado de Nova York.

Continua após a publicidade
Publicidade