GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Primeira vez ao redor da Terra

Três aventureiros tentarão dar a volta ao mundo a bordo de um balão.

Este ano, nos Estados Unidos, teve inicio a mais bem planejada tentativa de dar a volta ao mundo em balão, viagem jamais completada, de mais de 35000 quilômetros, e tão cheia de sedução quanto de perigos. Espera-se que desta vez a alta tecnologia ajude a reduzir os riscos. O percurso será feito em dois balões ligados entre si. Um deles, o Earthwinds, construído com finas películas de polietileno e inflado por 30 milhões de litros de gás hélio, é capaz de elevar a 10,6 quilômetros de altura um sofisticado veículo de vôo. Essa pequena nave de fibra de vidro, bem suprida de alimentos e ar próprio, está preparada para enfrentar a temperatura de 30°C, no alto da atmosfera. Nela, ao longo de duas semanas, tempo previsto da viagem, deverão se acomodar três tripulantes, entre os quais um destacado cosmonauta soviético, Vladmir Dzhanibekov (em 1985, ele comandou a operação que impediu a queda da estação espacial Salyut 7). O segundo balão fica abaixo da nave e é inflado com ar frio, que não serve para erguer a nave, mas pode ser mais ou menos esvaziado para controlar o peso total transportado pelo primeiro balão. Ou seja: ele constitui uma forma inovada de lastro para evitar que o primeiro balão suba ou desça demais devido às mudanças de temperatura entre os dias e as noites.