GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Quanto menos água você bebe, mais gafes comete

Até uma desidratação leve já é capaz de te deixar mais atrapalhado – e menos inteligente

Não existe caminho fácil para ficar mais inteligente de forma instantânea. Só para ficar mais burro: basta beber menos água do seu corpo precisa.

Boca seca e sede já são os primeiros sinais que, se ignorados, podem causar danos bem piores do que simplesmente deixar o xixi mais amarelo.

Digamos, por exemplo, que você vá à academia. Após duas horas, a quantidade de suor que você produz pode ser equivalente a 2% de toda a água do seu corpo.

Se não fizer exercício, você desidrata bem mais devagar – jejum total para exames, por exemplo, que exige que o paciente interrompa o consumo de água por 12 horas ou mais, já consegue derrubar os níveis normais de hidratação em 1,5% ou 2%.

Mas porque estamos insistindo em 2%? O que essa porcentagem tem de especial?

Bom, uma revisão de 33 estudos, realizados entre 1978 e 2017, mostrou que perder 2% da água do seu corpo já é suficiente para começar a sentir os primeiros efeitos negativos da desidratação. E, muito antes do resto do corpo, o primeiro a sofrer é o seu cérebro.

Você ainda não está com a língua seca. Não está sonhando com oásis imaginários. Mas já está mais burro.

Segundo o compilado de estudos, só essa desidratação módica já leva a reduções na capacidade de concentração e na coordenação motora. A situação pode ficar grave para pessoas que trabalham em instalações industriais onde faz muito calor e a atenção é necessária em cada minuto. Se a desidratação causa problemas tão cedo, qualquer par de horas sem água pode aumentar riscos de um acidente de trabalho, por exemplo.

Mas não é preciso trabalhar com maquinário pesado para ficar mais atrapalhado com a desidratação. De acordo com as pesquisas, a cognição é tão impactada que ficamos piores até para completar tarefas e resolver problemas simples. Seu dia não está rendendo? Brigou com a namorada à toa? Talvez seja hora de encher sua garrafinha.