Clique e assine a partir de 8,90/mês

Superguia para pais e mães

Dicas para que seu tempo com as crianças nunca fique monótono. Mesmo em dia de chuva

Por Da Redação - Atualizado em 31 out 2016, 18h46 - Publicado em 2 fev 2013, 22h00

Karina Gomes Barbosa

Brincadeiras para um pequeno cientista
Coloque seu filho para fazer arte. sem reclamar da bagunça.

Pintura abstrata com brinquedos
Prepare pincéis e os brinquedos de corda que tiver em casa. Além da bagunça boa, esse projeto é uma verdadeira aula de história da arte contemporânea para as crianças. Você pode comparar o produto final com a action painting, de Jackson Pollock, pintura abstrata com movimento.

Material:
Folhas de papel pardo
Tintas coloridas
Brinquedos de corda
Mesa ou superfície grande
Objetos pesados para segurar o papel

Montagem:
Fixe o papel pardo na superfície ou mesa, bem esticado. Coloque o material pesado nas laterais. Abra os potes de tinta e mergulhe neles os pés, pneus ou superfícies dos brinquedos. Dê corda e coloque sobre a folha. Repita a operação com diversos brinquedos e cores.

Dica:
Limpe os brinquedos depois da arte, senão seu filho ganha um quadro e perde um carrinho. Se preferir, compre uns baratos ou use os que vêm de brinde com chocolates, por exemplo. 

Modo avançado:
Para obter mais pinceladas com o brinquedo, uma possibilidade é usar minirrobôs de brinquedo que têm sensores para desviar de outros objetos.

Preço – $
Dificuldade – Baixa
Durabilidade – Baixa (arte em papel pardo e tinta barata só dura emoldurada e olhe lá)
Nível educativo – 8
Diversão – 9

 

Continua após a publicidade

Minhocas de gelatina
Em vez da gelatina comum, uma aula de biologia na hora do lanche. Ensine seu filho tudo sobre aqueles famosos animais da classe dos oligoquetas que se enfiam embaixo da terra úmida, as minhocas.

Material:
2 pacotes de gelatina de framboesa
1 pacote de gelatina sem sabor (para dar mais firmeza)
¾ de xícara de chantili
3 xícaras de água fervente
15 gotas de anilina líquida comestível verde
100 canudinhos flexíveis (ou quantos couberem no recipiente)
1 recipiente alto para colocar os canudinhos

Montagem:
Coloque a gelatina num recipiente (de preferência, de vidro) e adicione a água fervente. Deixe amornar e adicione o chantili e a anilina. Junte os canudos, retos, em um recipiente alto. Para ajudar, você pode prendê-los com uma liguinha. Derrame a mistura de gelatina nos canudinhos e deixe endurecer na geladeira. Para retirar os vermes, você pode segurar os canudos sobre água morna. Eles saem dali para o prato.

Preço – $
Dificuldade – Baixa
Perigo – Baixo (deixe a água quente longe da criança)
Durabilidade – Baixa (uma refeição)
Nível educativo – 6
Diversão – 10

 

Continua após a publicidade

Videogames da vida real
Tire seus personagens preferidos da tela e brinque com eles ao vivo

Angry birds com massa de modelar
Treine a pontaria derrubando porcos (quase) de verdade. 

Para os personagens de massinha:

Material:
4 colheres de farinha de trigo
2 colheres de sal
3 colheres de água
1 colher de vinagre
Tinta guache ou acrílica nas cores amarelo, vermelho, preto, branco, azul e verde

Montagem:
1. Misture todos os ingredientes para a massinha em uma tigela.
2. Adicione a tinta, separando pedaços para cada cor.
3. Mexa com uma colher e, em seguida, com a mão.
4. Depois é só modelar os pássaros como os desenhos dos games. É fácil: quase todas as formas são arredondadas.

Para o cenário

Material:
1 pacote de palitos de picolé
Elástico
Cola quente
Peças de Lego grandes

Montagem:
1. Faça construções como pirâmides ou casinhas com os Legos.
2. Com a cola quente, una pedaços de palitos de picolé formando grades, caixotes e outras pequenas construções.
3. Com dois palitos, faça um X. Em duas das extremidades, cole o elástico. É um estilingue improvisado.
4. Monte os cenários com os porquinhos. Posicione a criança a uma distância fixa dos alvos. Quanto menor a criança, mais perto ela deve ficar.

Como jogar:
A cada fase, seu filho tem alguns Angry Birds para acertar as vítimas. À medida que o jogo avança, misture as construções com Lego e as de picolé. As habilidades para derrubá-las são diferentes.

Dica:
Monte seu jogo num espaço amplo, em que os pássaros, porcos e restos de obstáculos não caiam atrás ou em cima de sofás, camas, estantes. 

Preço – $$
Dificuldade – Média
Perigo – Baixo (cuidado com a cola quente!)
Durabilidade – Baixa (faça bastantes pássaros, pois eles irão ¿voar¿ e, no processo, não sobra muita coisa)
Nível educativo – 4
Diversão – 9

 

Continua após a publicidade

Sonic no quintal
Coloque as crianças para se movimentar com esse clássico jogo de obstáculos.

Material:
Aros de bordado
Piscina de bolinhas
Baldes
Caixas de papelão vazias de eletrodomésticos grandes
Almofadas ou pufes
Cronômetro
Corda ou barbante

Montagem:
1. Com a corda, delimite a pista dos dois lados. Assim a criança sabe por onde tem de correr.
2. Espalhe os aros de bordado em uma área comprida, como quintal, parque.
3. Em meio a eles, misture as estruturas: baldes, piscina, caixas. As crianças têm de poder escalá-las, pulá-las ou desviar delas com segurança.

Como jogar:
A criança percorre a pista enquanto você a cronometra. Os pontos são somados juntando o número de anéis recolhidos e o tempo gasto ¿ igual ao jogo.

Continua após a publicidade

Dica:
Quer deixar a experiência ainda mais realista? Coloque a música do Sonic para tocar enquanto a criança corre pela pista.

Preço – $
Dificuldade – Baixa
Perigo – Baixo (quedas serão comuns)
Durabilidade – baixa
Nível educativo – 3
Diversão – 9

 

Continua após a publicidade

Quer mais?

Em O Curioso Livro dos Geeks (Leya, R$ 34), o editor da revista americana Wired, Ken Denmead, juntou um monte de experiências que fez com os filhos ao longo do tempo. Além de jogos, ele ensina a fazer projetos de engenharia, como montar um cinema ao ar livre, e trabalhos manuais, como construir formas de gelo caseiras em formato de blocos de Lego.

Brinquedos

Para seu pequeno cineasta
Cansou de só assistir? Então deixe a criança fazer seus próprios filmes! Essa filmadora é perfeita para as mãos delas: é fácil de usar, resistente a água e a grandes choques. Filma em VGA e tem 32 MB de memória interna, além do cartão SD.

Oregon Scientific Fun Movie Cam, US$ 79

 

Continua após a publicidade

Beleza interior
Ursinhos de pelúcia já eram. Além de mais divertidos, esses brinquedos garantem uma aula de anatomia fofinha.

Órgãos plush, U$ 20 na iheartguts.com

 

Continua após a publicidade

Para acalmar o bebê
Pesquisa inglesa mostra objetos que os pais mais usam em momentos de desespero

Celular – 27%
Mamadeira – 25%
Brinquedo – 21%
Chupeta – 9%

 

Continua após a publicidade

Filmes
Não aguenta mais galinhas na sua TV? Veja o que mostrar para o seu filho Sem desagradar os donos do controle

Se seu filho gosta de…

GALINHA PINTADINHA (2006)
ONDE VER: DVDs (3 volumes), YouTube 

O QUE É: Pequenos clipes com desenhos simpáticos daquelas clássicas cantigas de roda. O problema é ter de ouvir 20 vezes que ¿a barata diz que tem…¿

IDADE: 0 a 2 anos
NÍVEL EDUCATIVO: 6
POTENCIAL PARA IRRITAR OS PAIS: 9
NÍVEL DE DIVERSÃO: 5

 

Continua após a publicidade

Pode também gostar de…

EM BUSCA DO VALE ENCANTADO (1988)
Uma típica jornada do herói, com direito à des-coberta da amizade, lágrimas e um final feliz. Tudo isso antes da extinção dos dinossauros.

IDADE: 0 a 3 anos
NÍVEL EDUCATIVO: 5
POTENCIAL PARA IRRITAR OS PAIS: 7
NÍVEL DE DIVERSÃO: 4

ALICE NO PAÍS DAS MARAVILHAS (1951)
Sempre vale a pena rever o mundo lisérgico em que a menina mergulha após seguir um coelho. Os pais vão entender o sentido do chá do chapeleiro.

IDADE: a partir de 3 anos
NÍVEL EDUcativo: 3
POTENCIAL PARA IRRItar os pais: 2
NÍVEL DE DIVERSÃO: 9

 

Continua após a publicidade

BOB, O CONSTRUTOR (1998)
Operário e máquinas falantes trabalham juntos para consertar coisas. Boa dose de mensagens ecochatas e risco de irritar na música de abertura.

IDADE: 0 a 4 anos
NÍVEL EDUCATIVO: 7
POTENCIAL PARA IRRITAR OS PAIS: 9
NÍVEL DE DIVERSÃO: 5

 

Continua após a publicidade

Se seu filho gosta de…

COCORICÓ (1996)
ONDE VER: TV Cultura, TV Brasil

O QUE É: Fantoches de gente e animais mostram a vida na roça, incluindo a imperdível história do cocô. O ponto alto é a trilha cheia de rock rural.

Continua após a publicidade

IDADE: 0 a 5 anos
NÍVEL EDUCATIVO: 9
POTENCIAL PARA IRRITAR OS PAIS: 5
NÍVEL DE DIVERSÃO: 6

 

Continua após a publicidade

Pode também gostar de…

FANTASIA (1940)
Quem não se lembra do Mickey como feiticeiro e do delicado balé de hipopótamas, dançando ao som de Bach e Beethoven? Requinte e emoção clássicos.

IDADE: 0 a 6 anos
NÍVEL EDUCATIVO: 8
POTENCIAL PARA IRRITAR OS PAIS: 5
NÍVEL DE DIVERSÃO: 6

 

Continua após a publicidade

A VIAGEM DE CHIHIRO (2001)
Obra-prima japonesa à moda antiga, feita manualmente. O filme é escuro e a criança pode não gostar à primeira vista, mas vale a pena insistir.

IDADE: a partir de 3 anos
NÍVEL EDUCATIVO: 6
POTENCIAL PARA IRRITAR OS PAIS: 1
NÍVEL DE DIVERSÃO: 9

 

Continua após a publicidade

MEUS AMIGOS MONSTROS (2010)

A série que mistura atores reais com bonecos de tamanho humano tem humor meio passado. Mas os monstros, às vezes de tão ridículos, são engraçados.

IDADE: 3 a 7 anos
NÍVEL EDUCATIVO: 4
POTENCIAL PARA IRRITAR OS PAIS: 4
NÍVEL DE DIVERSÃO: 6

 

Continua após a publicidade

Se seu filho gosta de…

VIDA DE GALINHA (2010)
ONDE VER: Gloob

O QUE É: Galinhas encontram personagens mitológicos e históricos em viagens no tempo. Animação em 3D com cenas que divertem os pais. O diferencial é o desfile de cultura e educação.

IDADE: 2 a 5 anos
NÍVEL EDUCATIVO:10
POTENCIAL PARA IRRITAR OS PAIS: 4
NÍVEL DE DIVERSÃO: 6

 

Continua após a publicidade

Pode também gostar de…

AS BICICLETAS DE BElLEVILLE (2003)
Desenho sobre idosa que pedala, ao lado de irmãs e de um cachorro, para resgatar o neto ciclista. É um filme francês, então espere poucos diálogos e excelente trilha sonora com jazz.

IDADE: a partir de 3 anos
NÍVEL EDUCATIVO: 4
POTENCIAL PARA IRRITAR OS PAIS: 4
NÍVEL DE DIVERSÃO: 7

 

Continua após a publicidade

OS PINGUINS DE MADAGASCAR (2008)
Não há potencial pedagógico: é politicamente incorreto e, às vezes, bruto. A suposta homossexualidade latente do rei Julian, por exemplo, rende piadas de duplo sentido.

IDADE: a partir de 3 anos
NÍVEL EDUCATIVO: 3
POTENCIAL PARA IRRITAR OS PAIS: 3
NÍVEL DE DIVERSÃO: 9

 

Continua após a publicidade

ROBÔS (2005)
Em um mundo futurista, vilões querem acabar com os modelos obsoletos de robôs e substituí-los por novos, em vez de consertá-los. Mas o protagonista lata-velha não vai deixar barato.

IDADE: a partir de 3 anos
NÍVEL EDUCATIVO: 5
POTENCIAL PARA IRRITAR OS PAIS: 5
NÍVEL DE DIVERSÃO: 7

 

Continua após a publicidade

QUANDO SEU FILHO VAI PODER VER

Não se desespere. Em algum momento da vida, seu filho vai conseguir prestar atenção em filmes e produtos audiovisuais mais complexos. Saiba qual é o momento certo para mostrar alguns dos seus filmes preferidos – sem traumatizar a criança.

Livre

– OS GOONIES (1985) 

– TRON (1982) 

– DE VOLTA PARA O FUTURO (1985) 

– CURTINDO A VIDA ADOIDADO (1986) 

Continua após a publicidade

– ET, O EXTRA-TERRESTRE (1982)

 

Continua após a publicidade

10 anos

– 2001, UMA ODISSEIA NO ESPAÇO (1968)

 

Continua após a publicidade

12 anos 

– MATRIX (1999) 

– TUBARÃO (1975) 

-CONTATOS IMEDIATOS DO 3o GRAU (1977) 

-STAR WARS (1977) (se você quiser apresentar para seu filho todos de uma vez)

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

14 anos 

-O PODERO CHEFÃO (1972) 

-ALIEN, O OITAVO PASSAGEIRO (1979) 

-ROBOCOP (1987)

 

Continua após a publicidade

16 anos 

-BLADE RUNNER (1982)

 

Continua após a publicidade

18 anos 

-MONTY PYTHON: EM BUSCA DO CÁLICE SAGRADO (1974)

42 anos 

Toda a filmografia do lars von trier

 

Continua após a publicidade

Games e apps
Enquanto tablets e smartphones são os melhores para iniciar as crianças no mundo dos games, os consoles são ideais para jogar em família

Sem gastar com pet shop

O pequeno jogador conecta os movimentos do corpo com os de alguns “bichanos” (filhotes de pantera, leopardo, leão…), dá nome ao novo amigo e vira seu treinador. Também o alimenta, percorre os ambientes da ilha onde ele vive e resolve pequenos mistérios. É simples, mas as crianças podem precisar de ajuda dos pais para entender as instruções e repeti-las aos animais.Espere ver as crianças rolando no chão para fingir de morto e pulando ou lançando bolas virtuais até cansar.

Kinectimals, Xbox, com versões mais simples para iPhone, Android e iPad, US$ 2,99

 

Continua após a publicidade

Apps para dedos pequenos

Pepi Bath

Fazer as necessidade fisiológicas não é algo que você espera de um aplicativo. Mas, se tem uma criança por volta de dois anos em casa, vai agradecer a invenção desse aqui, que ajuda a ensinar hábitos de higiene. A criança faz o personagem tomar banho, escovar os dentes, cortar unhas, e tudo o mais que uma criança precisa aprender a fazer no banheiro – inclusive sem fraldas. iPad, iPhone e Android, US$ 1,99

Pocket Zoo

Continua após a publicidade

Transforme seu filho em um paparazzi animal: escolha um bicho e o acompanhe por câmeras ao vivo em vários zoológicos do mundo, dia e noite. iPad e iPhone, US$ 1,99

Abc Trace

Um dos raros bons aplicativos para crianças com opção em português. O objetivo é incentivar a criança a reconhecer as letras do alfabeto. Com os dedinhos, ela desenha a letra maiúscula e minúscula. Depois, escuta uma palavra relacionada. Para crianças a partir dos três anos. iPhone, US$ 0,99

 

Continua após a publicidade

Antes de o bebê chegar

What to Expect

É a versão míni do famoso livro (e agora, filme). É em inglês e algumas coisas soam distantes para a grávida brasileira, como o peso do bebê em onças. iPhone, Android, grátis

Baby Center

Tem diário com as sensações da gravidez e desenvolvimento do feto. Os pais podem acompanhar as mudanças do bebê em vídeos a cada mês. iPhone, iPad e Android, grátis

Sprout

A cada semana, as principais mudanças do feto em ilustrações 3D e uma dica médica. O bom é um controlador do ganho de peso – muito útil, por exemplo, para grávidas com suspeita de diabetes gestacional. iPhone, iPad, US$ 3,99

Amamentar é um ato de amor… e tecnologia

BFF

Controla em qual peito o bebê vai mamar. Quando ele começar, dê o play. Na próxima vez, o outro lado pisca, indicando a mama. As mamas são ilustradas com dois cupcakes, com cereja no topo. iPhone, grátis

Aleitamento

App nacional que tem também um guia com dicas desde a gravidez até os dois anos do bebê. Tem ainda um mapa com bancos de leite próximos. iPhone e iPad, grátis

Feed Baby

Além de monitorar o aleitamento materno, permite registros como trocas de fralda, o tempo que o bebê dorme e até a última vez que a mulher tirou o leite em excesso. Tudo vira gráficos coloridos. Android, grátis

 

Continua após a publicidade

Os nomes de bebê mais populares do mundo
Se você quer que seu filho seja o único na chamada, fuja desses

Fonte: BabyCenter

Brasil

1 – Miguel / Júlia
2 – Davi / Sofia
3 – Gabriel / Isabela
4 – Arthur / Maria Eduarda
5 – Lucas / Manuela
6 – Matheus / Giovanna
7 – Pedro / Alice
8 – Guilherme / Laura
9 – Gustavo / Luísa
10 – Rafael / Beatriz

EUA

Jacob / Sophia
Mason / Isabella
William / Emma
Jayden / Olivia
Noah / Ava
Michael / Lily
Ethan / Chloe
Alexander / Madison
Aiden / Emily
Daniel / Abigail

Índia

1 – Alok / Ananya
2 – Vivaan / Saanvi
3 – Mohammed / Aanya
4 – Aditya / Diya
5 – Vihaan / Aadya
6 – Arnav / Khushi
7 – Aryan / Aarya
8 – Arjun / Aditi
9 – Atharv / Akshara
10 – Ayaan / Angel

 

Continua após a publicidade

Livros
Para ensinar, inspirar e divertir pais e filhos

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

PARA AS CRIANÇAS

Livros geeks para bebês

Por que perder tempo com contos de fadas quando você pode ir familiarizando seu filho com algo realmente útil? Aqui eles veem códigos de programação para internet. Coloridos e com letras enormes, como todo livro para bebês. Em inglês – mas isso não deve ser um empecilho para seu pequeno gênio.

CSS e HTML for Babies, John C. Vandern-Heuvel, Code Babies Media, 16 páginas, U$ 8,99

Numa galáxia muito distante

Como seria se o vilão e o mocinho de Star Wars vivessem uma relação normal de pai e filho? Nesse livro, Darth leva Luke para viajar, passeiam juntos na loja de brinquedos, tomam sorvete… só que com um toque do lado negro da força.

Darth Vader and Son, Jeffrey Brown, Chronicle Books, 64 páginas, R$ 42

Não tem Twitter

Um macaco tenta explicar para um burrinho que aquele objeto não serve para blogar, não tem Wi-Fi nem password. É para virar as páginas e ler.

É um livro, Lane Smith, Companhia das Letrinhas, R$ 21

Brincando no escuro

Silhuetas refletidas pelas luzes criam um mundo mágico de sombras. Um aspirador é um monstro; caixas são construções; mão é um pássaro. Depois de ler para a criança, é só inventar um jogo de sombras com ela.

Sombra, Suzy Lee, CosacNaify, R$ 42,00

 

Continua após a publicidade

Para os adultos

Papai do céu existe?

Um pai filósofo e uma mãe psicóloga sentiam falta de um livro para pais que não querem criar os filhos sob uma religião. Escreveram este, que dá dicas como o que dizer quando alguém morre ou como ensinar a respeitar a religião dos coleguinhas sem ter de se converter.

Filhos sem Deus, Alejandro Rozitchner e Ximena Ianantuoni, Martins Fontes, 240 páginas, R$ 23,70

Livro de ninar para adultos

Depois de passar pela experiência de ter uma filha que não quer dormir, um pai resolveu fazer rimas para outros pais à beira de um ataque de nervos. “As luzes já se apagaram, meu bem. As baleias não querem que nada mais ocorra. Vou ler esse livro pela última vez. Mas você tem que dormir, p*##@”. Se identificou?

Vai dormir, p*##@, Adam Mansbach, Sextante, 32 páginas, R$ 20

 

Continua após a publicidade

Ajuda dos universitários

Seu filho já pergunta “o que é isso”, “o que é aquilo”? Então eis a sua chance de dar definições muito mais legais que as dos dicionários. Para Adriana Falcão, certeza é “quando a ideia cansa de procurar e para”. E por aí vai.

Mania de Explicação + Pequeno dicionário de palavras ao vento, Adriana Falcão, Salamandra, 48 e 116 páginas, R$ 40 e 32,50

 

Continua após a publicidade

Livro pop up personalizado
Não se intimide pela quantidade de livros legais que existem por aí. Você também pode fazer o seu, com direito a fadas, animais e objetos que pulam das páginas.

Material:

Flhas de papel A4 em gramatura alta
Tesoura e cola
Lápis de cor, hidrocor e giz de cera
Desenhos, recortes, fotografias
Régua 

Montagem:

1. Pense em uma história e faça um storyboard simplificado com o que cada página deve ter.
2. Faça um projeto do livro para prever o casamento das páginas.
3. Com a criança, faça os desenhos pop up em folhas separadas e recorte depois de pintados.
4. Dobre ao meio as folhas que irão virar as páginas e faça um risco em linha reta do centro até o meio da página.
5. Corte na marca da linha (cuidado para não dividir a folha ao meio!).
6. Faça dois triângulos com as partes cortadas. Seu papel fica parecendo uma gola de camisa.
7. Desdobre os vincos e vire as dobras para dentro. Agora, o papel parece um decote em “V”.
8. Abra a folha. No centro dela, a parte recortada irá pular, parecendo um bico de pássaro.
9. Cole os desenhos apenas na parte de baixo ou de cima da região com vincos (se colar tudo na página, ele não vai pular). Espere secar e abra novamente para compor o resto da página.
10. Junte as páginas na mesma ordem do projeto. Você pode colar as páginas, grampear ou passar um barbante ou fita.

Dica:
Para a capa, use uma gramatura maior de papel. Você pode plastificar ou fazer verniz caseiro (com cola branca e pincel).

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade
Publicidade