Assine SUPER por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Temer proíbe uso de suas fotos para memes

Planalto levou piadas a sério e começou a fiscalizar fotos usadas sem créditos. Aproveitando a polêmica, o PT liberou 404 fotos que tem do presidente.

Por Victor Caputo, de Exame.com
Atualizado em 26 Maio 2017, 13h12 - Publicado em 26 Maio 2017, 13h10

Brasilia of Cards que se cuide. O Planalto vetou o uso de fotos oficiais do presidente Michel Temer para a produção de memes (a menos que sejam acompanhadas dos devidos créditos). Blogueiros e celebridades da web foram notificados pelo Planalto por estarem usando as imagens sem créditos.

O Planalto tem direito de fazer isso, do ponto de vista legal. O artigo 24, inciso II, da Lei de Direitos Autorais (Lei 9.610/98) estabelece que ter seu nome ou pseudônimo (ou seja, o crédito) indicado é um direito do fotógrafo. Mesmo assim, o assunto acabou virando polêmica nas redes sociais.

Uma mensagem publicada por Alexandre Inagaki, do Pensar Enlouquece, fala sobre as notificações. De acordo com ele, os responsáveis pelas páginas Capinaremos e Ah Negão!, receberam e-mails da Presidência. Na mensagem, o interlocutor, do departamento de produção e divulgação de imagens, cobra os créditos das fotos.

Continua após a publicidade

À Folha de S. Paulo, Sandro Sanfelice, criador do Capinaremos, falou sobre o assunto. “Num primeiro momento, a gente ficou bem apreensivo, porque a impressão é a de que eles queriam que a gente parasse”, afirmou ao jornal.

O PT resolveu aproveitar a polêmica e entrou na discussão ontem. Em postagem em seu site oficial, o partido ofereceu aos internautas suas fotos do Flickr, “O PT coleciona imagens do usurpador com uso liberado, inclusive para memes , como afirma o texto do partido.

Continua após a publicidade

O partido chegou a organizar todas as fotos de Michel Temer em um álbum especial. É claro que nem todas as imagens pegam o melhor ângulo de Temer. E as páginas de humor, principais afetadas pela nova onda de fiscalização, não deixaram barato:

Este conteúdo foi publicado originalmente em Exame.com.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

A ciência está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por SUPER.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Super impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.