Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Trabalhar sem fumaça

Por Da Redação Atualizado em 31 out 2016, 19h02 - Publicado em 27 nov 2015, 05h45

“As pessoas querem trabalhar sem fumaça”, disse David Howard, porta-voz da RJ Reynolds – que é a segunda maior fabricante de cigarros dos EUA e anunciou que vai proibir seus 5.200 funcionários de fumar nos escritórios, salas de reunião e elevadores da empresa. A partir deste mês, eles só poderão acender cigarros nos fumódromos.

Leia também: Efeito do cigarro dura 3 gerações

Publicidade