GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Três declarações polêmicas da conferência de terraplanistas

Para o astrofísico Neil DeGrasse Tyson, acreditar que a Terra é plana é "uma falha profunda do nossos sistema educacional"

Neste mês, cerca de 400 pessoas participaram da Conferência Internacional da Terra Plana, realizada nos Estados Unidos. O evento contou com declarações polêmicas e anticientíficas. Selecionamos as três mais marcantes da conferência, que pode ser vista no YouTube.

A Terra é plana porque é uma simulação – Mark Sargent diz que a grande maioria dos programadores criam projetos planos, dada a dificuldade de lidar com geometria. Na hipótese de a Terra ser uma simulação, ela seria plana porque os programadores são preguiçosos demais para criar curvas e torná-la redonda.

Teoria da Terra plana deveria ser ensinada em escolas – Sargent afirma que a teoria está quase em ponto de massa crítica e será ensinada em breve em escolas em todo o mundo. “A ciência vai ter que reconhecer isso. Eles não podem se esquivar de nós para sempre”, disse.

Elon Musk é um mentiroso – O CEO da Tesla e da SpaceX (empresa do ramo aeroespacial) foi citado em uma pergunta da plateia: o que acontecerá quando os foguetes de Musk decolarem? Eles vão bater na redoma que fica em volta da Terra e explodir ou voarão ao seu lado? A resposta de Sargent foi direta – e pouco educada. “Tudo que Musk diz é mentira”, disse, antes de fazer comentários mais agressivos.

Falha na educação

O famoso astrofísico Neil DeGrasse Tyson, protagonista do seriado científico Cosmosparticipou de um programa no Compound Media, em 2016, no qual falou sobre as pessoas que acreditam que a Terra é plana.

“Elas são uma falha profunda do nosso sistema educacional. A forma como ensinamos a ciência é assim: você é um receptáculo vazio no qual despejamos conhecimentos científicos e você regurgita isso em uma prova. A ciência é um forma de pensar. É uma forma de entender e provar as operações da natureza”, declarou Tyson.

 

Este conteúdo foi publicado originalmente em Exame.com

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Roberto Silva

    Estamos incomodando. O fato é que se o modelo Terra plana não tivesse fundamento, não teria durado uma semana na internete. Quem conhece o modelo não retorna pro globalismo. A Terra é plana.

    Curtir

  2. André de Souza

    Estão incomodando porque estão pregando absurdos! Acreditar no terraplanismo é o equivalente a acreditar que os dinossauros nunca existiram; se existiram, foram extintos porque eram grandes demais para caber na arca de Noé. O vírus do analfabetismo científico incomoda mesmo! Incomoda é, portanto, deve ser combatido com toda veemência. Esta deve ser a missão principal de uma publicação que pretende ser tida como divulgadora da ciência. Portanto, o combate às teorias pseudocientíficas não têm por objetivo conspirar para que uma “verdade” científica venha à tona; têm por objetivo evitar a disseminação de crendices e bobagens postulantes a CIÊNCIA.

    Curtir

  3. Rbs13 618 alalá

    André de Souza, sim, concordo com você, a ignorância deve sim ser repelida a todo custo.
    mas uma coisa é apresentar uma teoria e fazer o que for possível na tentativa de prova-lá, e outra coisa é querer censurar algo que não vai de acordo com que está imposto.
    o engraçado é que todos aqueles que refutam a teoria da terra plana, nunca contribuiu com nenhuma hipótese, teoria ou possibilidade, do contrário, buscam censurar aqueles que estão trabalhando nisso.
    então meu caro, sugiro a você que antes de taxar alguém, ou um grupo de ”pseudo cientistas”, nos traga o seu conhecimento e ponto de vista perante o assunto, caso contrário, guarde para si suas opiniões pessoais.

    Curtir

  4. Rbs13 618 alalá

    olhem o mapa do logo da ONU, esse é o verdadeiro mapa do planeta, e ele é PLANO,
    tal qual sugeriu os mapas antigos dos primeiros navegadores

    Curtir

  5. André de Souza

    Primeiramente, caro Roberto Silva (?) A constatação de que a Terra é um “esferóide” (sabe o que isto significa, né? ) não é uma “opinião pessoal”. É um fato de comprovação científica óbvio (pelo menos para qualquer um que esteja sóbrio, Creio!) Desta forma, não é necessário apresentar hipótese alguma, pois, não se trata mais de uma hipótese. Hipóteses são ideias ainda não comprovadas, que precisam passar pelo crivo metodológico científico para serem corroboradas ou refutadas. Ou seja, “a Terra é redonda” não é uma afirmação hipotética, é uma constatação factual! Não há imposição. Esta afirmação é a resultante óbvia de séculos de observação astronômica, não carecendo mais de hipóteses mirabolantes. Ah! E esta última, afirmando que o mapa constante na logo da ONU prova que a Terra é plana, realmente, é de doer! Forçou a barra, hein?! Parceiro, aquele mapa é um planisfério de projeção Azimutal! Todo mapa-mundi (isto até o meu sobrinho de oito anos sabe) fora os globos terrestres, obviamente, são planisférios, a projeção de uma esfera em um plano. Simples assim!

    Curtir