Clique e assine a partir de 8,90/mês

5 HQs nacionais de ficção que você precisa conhecer na CCXP19

Nem só de atores famosos vive a CCXP. Listamos histórias brasileiras imperdíveis que estarão no Artists Alley.

Por Maria Clara Rossini - 5 dez 2019, 16h59

A Comic Con Experience é o ponto alto do ano para quem gosta de filmes, séries, games, livros e, como o próprio nome adianta, quadrinhos. Para além dos souvenirs de suas produções favoritas e das novidades do setor de entretenimento, a CCXP também é uma oportunidade única para conhecer coisa nova e prestigiar o trabalho de artistas nacionais.

Mais de 500 artistas estarão no Artists Alley da CCXP 2019. Tem de tudo: desde quadrinhos originais até releituras de clássicos da literatura. Nós da SUPER selecionamos cinco HQs que envolvem ciência, tecnologia e ficção para conferir por lá. 

Pra quem não estará na feira, certas HQs podem ser adquiridas pela internet. Mas é bom lembrar que algumas têm lançamento exclusivo na CCXP, e acabam bem rápido. Vale também dar uma olhada no mapa do local de antemão, para saber o que visitar primeiro.

Terraplana

Clari Cabral/Divulgação

Autora: Clari Cabral

Continua após a publicidade

Estande: D26

O título é autoexplicativo: em meio à onda de crença no “terraplanismo”, a autora imagina uma realidade em que nosso planeta é plano e dinossauros convivem com humanos – e inclusive são um ótimo meio de transporte.

A história acompanha a jornada de Austrália, uma menina que pretende chegar à borda da Terraplana e descobrir o que há por lá. Como se viver em um mundo chato não fosse o bastante, nesse universo o leite com manga tem propriedades curativas, e apontar para uma estrela faz uma verruga crescer no dedo instantaneamente. Pode esperar ilustrações muito fofas e uma história de aquecer o coração.

O terrível ataque das terríveis abobrinhas mutantes zumbis comedoras de cérebro

Tiago Holsi/Divulgação

Autor: Tiago Holsi

Continua após a publicidade

Estande: A37

A HQ se passa na cidade de Cabutiânia, onde uma pequena plantação de abobrinhas mutantes ganha vida e passa a aterrorizar os cidadãos. Tudo isso é fruto da combinação de 290 novos agrotóxicos que passaram a ser usados nas lavouras.

A única esperança da cidade é a família Oliveira, agricultores que praticam o plantio orgânico e contam com uma capivara de estimação. De forma divertida, o livro reflete sobre o uso indiscriminado de agrotóxicos e transgênicos, agricultura familiar e grandes empresas do setor agrícola.    

Opticus – Intervenções

Tiago P. Zanetic, Mauricio Leone e Rodrigo Fernandes/Divulgação

Autores: Tiago P. Zanetic, Mauricio Leone e Rodrigo Fernandes

Continua após a publicidade

Estande: F01-02

Depois de passar por uma cirurgia experimental nos olhos, Theo passa a enxergar bem além do que uma pessoa normal costuma fazê-lo. Seu novo universo observável se estende desde microorganismos e bactérias a até mesmo as cordas da realidade – que separam universos paralelos e guardam mundos completamente diferentes.

Com esse “superpoder”, Theo precisa salvar uma garotinha de uma criatura chamada Coletor. No processo, o protagonista descobre se o seu poder está mais para uma bênção ou uma maldição.

Tachyon

Daniel Sousa/Divulgação

Autor: Daniel Sousa

Continua após a publicidade

Estande: H15

Tachyon (ou táquion,em português) é o nome dado a uma partícula hipotética que poderia viajar mais rápido que a luz e teria uma massa imaginária. Esse é também o título da HQ de Daniel Sousa, que envolve viagem no tempo, muita psicodelia e encontros com aliens.

A história não tem uma ordem cronológica clara. O quadrinho é um vai e vem da vida dos personagens principais: um menino ingênuo e um velho ranzinza. Eles vivem em uma época em que os humanos finalmente encontram prova de vida extraterrestre e estão próximos do primeiro contato.

A HQ é a sequência de Entrespaço, uma história sobre um astronauta que é mandado à Lua e precisa lidar com a solidão. Tachyon é introspectiva, bem humorada, experimental e sombria. Tudo ao mesmo tempo. 

Continua após a publicidade

Periferia Cyberpunk

Airton Marinho, Larissa Palmieri, Guilherme Wanke, Cauê Marques, Lucas Barcellos, Antonio Tadeu, Bruna Oliveira, Raphael Fernandes, Jader Corrêa, Braziliano, Cassio Ribeiro, Jean Sinclair, Thiago Lima, Azrael de Aguiar, Akemy Hayashi, Doc Goose e Camaleão/Divulgação

Autores: Airton Marinho, Larissa Palmieri, Guilherme Wanke, Cauê Marques, Lucas Barcellos, Antonio Tadeu, Bruna Oliveira, Raphael Fernandes, Jader Corrêa, Braziliano, Cassio Ribeiro, Jean Sinclair, Thiago Lima, Azrael de Aguiar, Akemy Hayashi, Doc Goose e Camaleão

Estande: F01-02

A CCXP está cheia de HQs que envolvem o universo cyberpunk. Periferia Cyberpunk, no entanto, se diferencia justamente por mostrar um ponto de vista que geralmente é esquecido.

O livro traz oito histórias que giram em torno do mesmo universo. Em um futuro não muito distante, o maior avanço tecnológico acentua a desigualdade no Brasil. A HQ mostra o lado sombrio de uma realidade em que a tecnologia se tornou mais importante que o bem estar social, pelo ponto de vista de quem mais sofre os impactos da nova era.

Publicidade