GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Aventuras na estante

Heloísa Dall¿Antonia

Nada de soluções mágicas, poções fantásticas, varinha milagrosa. Muito antes de o minibruxo Harry Potter chegar ao Brasil nossas prateleiras ostentavam heróis de carne e osso que faziam rir, desvendavam mistérios e, de quebra, nos protegiam do mal. Gente como o Gordo, um Sherlock Holmes mirim e roliço criado por João Carlos Marinho. Ou o grupo de amigos Karas e Léo, que trabalhava no misterioso hotel cinco estrelas Emperor Park. Assim como Potter, essas turmas fizeram sucesso e viraram séries, perpetuando mais que uma história, um estilo de vida. Preencha seu Suplemento de Trabalho e lembre-se: na hora de deixar uma mensagem que pode salvar seus amigos, vale usar todas as armas. Até cocô.

A Turma do Gordo

O que era: Edmundo, Pituca, Bolachão (o Gordo) e Berenice eram crianças destemidas. Enfrentaram um italiano fanático por futebol, traficantes do Cartel de Medellín e até pedófilos. O Gênio do Crime, que seguia um falsificador de figurinhas, foi o primeiro da série. A coleção também tem, entre outros, O Caneco de Prata, Sangue Fresco e Berenice Detetive.

Momento inesquecível: Gordo tem as unhas quase arrancadas com alicate por um bandido que ameaça jogá-lo no ácido. Traumatizou uma geração inteira de leitores.

Coleção Vaga-Lume

O que era: Lançada em 1973, com A Ilha Perdida, a série superou 90 títulos publicados. De dramas como Éramos Seis a suspenses esquisitões, estilo O Escaravelho do Diabo. O Mistério do Cinco Estrelas, escrito por Marcos Rey especialmente para a coleção, vendeu estrondosos 2,8 milhões de exemplares. A trama envolve o jovem Léo, seus amigos, um barão e, óbvio, um morto.

Momento inesquecível: O corpo do sanfoneiro Boa-Vida é encontrado numa construção ao som de um “frevo saltitante e gostoso”. Qual o nome do livro? Um Cadáver Ouve Rádio.

Para Gostar de Ler

O que era: Contos e crônicas escritos por autores brasileiros consagrados. O primeiro volume vendeu tanto que Rubem Braga, Paulo Mendes Campos, Carlos Drummond de Andrade e Fernando Sabino repetiram a dose em mais quatro títulos. Os textos tinham o mesmo tema, mas concepções diferentes. A produção não parou por aí e hoje a coleção conta com 36 volumes publicados.

Momento inesquecível: O dia em que você tirou nota 10 em interpretação de texto graças ao bom entendimento de um desses livrinhos.

Os Karas

O que era: Calu, Crânio, Magri, Miguel e Chumbinho formavam os Karas, grupo ultra-secreto que estudava no Colégio Elite. Em A Droga da Obediência, enfrentaram o Doutor Q.I., criador da droga que escravizava adolescentes. Valia o alerta: naquele tempo, todo pipoqueiro era suspeito de tráfico. Pântano de Sangue e Anjo da Morte continuaram a série.

Momento inesquecível: Prestes a ser seqüestrado pelos capangas do Doutor Q.I., Chumbinho enfia a mão na privada e relata seu destino numa mensagem escrita com fezes nos azulejos.

Ziraldo

O que era: O criador do Menino Maluquinho marcou a infância de gerações. Precursora do costume de dar apelidos fofinhos para partes do corpo, a série Corpim trazia, entre outros Pelegrino e Petrônio, Rolim e O Joelho Juvenal. Na coleção Mundo Colorido, a aventura fica por conta da história de Flicts, a cor excluída do mundo.

Momento inesquecível: O Menino Maluquinho desenha o mapa do país Eufeidolôcio, que tem cidades como Bagdá Mirim e a grandiosa capital Timólei-Mólei.