Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Cantar é um dom?

Dá para treinar para não passar vergonha e até conseguir fazer bonito. Mas ter voz de um Pavarotti, só se você nascer um Pavarotti

Por Anderson Fernandes de Oliveira Atualizado em 15 mar 2018, 17h00 - Publicado em 19 nov 2012, 22h00

Não. Todo mundo pode cantar bem. E cantar bem significa ter uma voz afinada. Para isso, basta treinar. Mas a sua voz jamais ficará igual à do seu cantor preferido, pois cada pessoa tem timbre próprio.

O que diferencia uma voz de outra é a anatomia da laringe. Como as cavidades e tubos do órgão variam em cada um, a voz também é diferente. O timbre é como nossa impressão digital, o que os profissionais chamam de personalidade vocal. Por isso nem todo mundo é tenor. Mas dá para melhorar. Veja abaixo como.

Cante agora (ou daqui a um tempo)

Com treinamento certo, você pode, quem sabe, trocar a cantoria do chuveiro pelos palcos

Ouça
Aprimorar o ouvido é o primeiro passo. Afinar a voz é um processo lento e trabalhoso, pois é preciso ouvir, detectar e diferenciar cada nota e emiti-la na frequência certa. Desenvolver a musicalidade auditiva é saber diferenciar notas musicais e ter noção de ritmo.

Respire
Exercícios de respiração ajudam a controlar melhor a saída de ar e a manter uma nota por mais tempo. Quando se obtém o controle respiratório, você usa o ar corretamente, sem desafinar ou perder o fôlego.

Malhe
Aprender a cantar é como ir à academia: é um trabalho de fortalecimento e resistência para os 22 músculos que regem a laringe. Um exercício específico para o diafragma, por exemplo, consiste em pronunciar a sequência tsi-xi-fi várias vezes, sem respirar.

Inspire
O timbre é determinado por vários fatores, como a dimensão das pregas, fibras elásticas localizadas na laringe. Por exemplo, pregas vocais longas podem indicar vozes graves. Já as curtas indicam vozes agudas.

Fontes: Gabriela Pastorin Castineira, cantora e atriz, formada em canto lírico pela Universidade Federal de Goiás; Reinaldo Kazuo Yazaki, otorrinolaringologista, professor da pós-graduação da Unifesp.

Continua após a publicidade
Publicidade