Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Cinema: Truques astronômicos

Por Da Redação Atualizado em 31 out 2016, 18h58 - Publicado em 31 out 2004, 22h00

O filme que destinou o maior orçamento para efeitos especiais em todos os tempos foi 2001, uma Odisséia no Espaço (1968), do diretor Stanley Kubrick. Para fazer esse épico de ficção científica foram gastos 6,5 milhões de dólares só em efeitos especiais, 62% do total gasto na produção do filme, de 10,5 milhões de dólares. O valor equivaleria hoje a mais de 33 milhões de dólares. Mas valeu a pena: o filme ganhou o Oscar de efeitos especiais e se tornou um dos maiores clássicos de ficção científica da história do cinema.

Publicidade