GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Édipo Rei

Sófocles

NOME ORIGINAL – Oedipus Tyrannos (Grécia antiga)
EDIÇÃO NO BRASIL – Difel; 2000

DO QUE TRATA

Uma das 7 únicas obras integrais de Sófocles que chegaram ao nosso tempo, a peça começa quando Édipo é rei de Tebas e marido de Jocasta. Uma maldição cai sobre a cidade, e o profeta Tirésias diz a Édipo que ele é o responsável. O rei não acredita, porém, em busca da verdade, descobre Ter cometido inconscientemente vários crimes ao fugir de Corinto, supostamente sua cidade natal: matou o pai e se casou com a própria mãe. Quando os fatos finalmente vêm à tona, Jocasta se enforca e Édipo deixa Tebas, cegando os próprios olhos.

QUEM ESCREVEU

Sófocles (496 a.C-405 a.C.) foi um dos 3 grandes poetas dramáticos a Grécia antiga. Filho de um rico comerciante, foi educado nas artes e nos esportes. Escreveu mais de 120 peças. Atuou na política e foi comandante militar de Atenas. Inovou ao acrescentar um terceiro ator na tragédia, aumentando sua complexidade.

POR QUE MUDOU A HUMANIDADE

Considerado por Aristóteles o mais perfeito modelo de tragédia, Édipo Rei é exemplar da transição entre o pensamento mítico e o racional. O homem não pode escapar de seu destino, mas são unicamente seus atos que o levam a tal desfecho. Na virada do século 19, a peça serviria de inspiração ao pai da psicanálise, Sigmund Freud, que, baseado nela, criou o complexo de Édipo.