GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Lost:furou! Mas… furou mesmo?

As teorias descartadas pelo episódio final

Claudia Croitor

1. A Ilha é um purgatório

Foi descartada porque: a cena final mostrou que Pen, a ex-namorada de Desmond, tem algum conhecimento (não sabemos exatamente qual é, ainda) sobre a ilha. Se ela mandou os dois “brasileiros” monitorarem a atividade eletromagnética em algum ponto do planeta, é porque sabe que em algum lugar (onde??) existe uma ilha na qual há uma grande concentração de energia magnética. Ou seja: a ilha é um lugar real, as pessoas sabem da sua existência, então não pode ser o purgatório.

Mas quem acredita na teoria ainda pode afirmar que: A tal da Pen pode estar delirante desde que o Desmond desapareceu e, como é milionária e de-socupada, está usando seu tempo e dinheiro para procurar pistas sobre onde seu amado pode ter ido parar. Desmond está morto – está na “outra vida” a que se referiu no primeiro episódio da temporada–, assim como todos os que estão na ilha, e está pagando por seus pecados no purgatório.

Trilha sonora das teorias furadas

You all, everybody

You all, everybody

I don·t like you stupid people

Wearing expensive clothes

You all everybody

You all, everybody

Driveshaft, em “You All Everybody”

2. Tudo não passa de uma alucinação

Foi descartada porque: Quando Locke decide impedir que o botão seja apertado e quando Desmond mexe no tal botão de emergência, a variação eletromagnética (que gerou o clarão e o barulho ensurdecedor na ilha) foi sentida pelos dois pesquisadores no meio do gelo. Isso só comprova que tudo o que aconteceu ali ocorreu de verdade.

Quem acredita na teoria ainda pode afirmar que: Que nada. Nenhum argumento sustenta essa teoria da alucinação.

Trilha sonora das teorias furadas

“World, the time has come to…

world, the time has come to…

world, the time has come to…

push the button

world… my finger is on the button

my finger is on the button

push the button”

The Chemical Brothers, em Galvanize

3. A humanidade foi extinta

Foi descartada porque: Se a humanidade foi extinta numa grande catástrofe que fez o avião cair e da qual só sobraram as pessoas da ilha, a ex-namorada de Desmond teria morrido junto com todo mundo, assim como os dois pesquisadores que falam português, que ela contratou. Mas eles estão vivos, à procura de Desmond – e, como eles, o resto dos habitantes do planeta, que provavelmente continuam com sua vida normal e podem até já ter deixado de lado o misterioso desaparecimento do vôo 815 da Oceanic Air.

Quem acredita na teoria ainda pode afirmar que: Sim, existiu um grande desastre que dizimou a raça humana, mas alguns poucos que estavam em locais estratégicos conseguiram sobreviver, como Pen – já que o pai dela é bilionário e teria meios para escapar. Desmond acaba voltando para a ilha no barco em que tentou fugir, dizendo que não há mais nada, só a ilha, e por isso é impossível ir embora – um forte indício de que o mundo teria mesmo sido destruído. Cola?

Trilha sonora das teorias furadas

“I’ll send an S.O.S. to the world

I’ll send an S.O.S. to the world

I hope that someone gets my

I hope that someone gets my

I hope that someone gets my

Message in a bottle”

The Police, em “Message in a Bottle”