Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

O exterminador do presente e “Hotel Transilvânia”

Confira essas e outras dicas de cultura

Por Da Redação Atualizado em 31 out 2016, 18h53 - Publicado em 19 nov 2012, 22h00

Ana Prado e Felipe van Deursen

1. EXTERMINADOR DO PRESENTE

Filmes de viagem no tempo tendem a nos prender à história. Agora imagine um em que o protagonista é um assassino pago para matar, no presente, alvos da máfia no futuro. Até o dia em que ele descobre que tem de eliminar a si próprio. Bruce Willis vive o matador coroa e Joseph Gordon-Levitt é sua versão mais jovem.

Looper – Assassinos do Futuro, 28 de setembro nos cinemas.

2. OUTRO DE VAMPIRO

Após décadas amedrontando gerações de humanos, os monstros podem curtir a vida em um resort de luxo na Transilvânia, administrado pelo próprio Drácula. A vida segue tranquila até que um ser ainda mais aterrorizante que eles chega à propriedade: um mochileiro. Para piorar, o jovem se apaixona pela filha do patrão. Sim, é mais um filme de vampiro, mas foge da água com açúcar e, além disso, é o primeiro longa de animação do criador de O Laboratório de Dexter, o russo Genndy Tartakovsky.

Hotel Transilvânia, 5 de outubro nos cinemas.

3. LADO DE LÁ

Em 1966, um amigo do psicólogo e historiador da ciência Michael Shermer teve uma experiência que mudou sua vida. Chick D¿ Arpino, hoje um pedreiro aposentado, estava em seu quarto quando ouviu uma voz desconhecida que lhe falava sobre uma fonte suprema que o amava. A certeza de que a mensagem era real foi tão forte que o moveu a se empenhar na missão de levar o fato até a Casa Branca. Shermer ficou intrigado. Neste livro, ele tenta explicar os mecanismos cerebrais por trás não apenas de experiências como essa, mas também de assuntos como vida após a morte e seres superiores.

Cérebro e Crença, Michael Shermer, JSN, 391 páginas, R$ 58.

4. GÊNIO DA FICÇÃO CIENTÍFICA

Diferente do que aconteceu com autores de ficção científica como Isaac Asimov ou Arthur C. Clarke, Philip K. Dick não ficou muito conhecido no Brasil, apesar de suas histórias terem inspirado grandes filmes, como Blade Runner, O Vingador do Futuro e Minority Report. Este livro busca fazer justiça a Dick, com sete contos escritos por ele (incluindo os já mencionados). Todas as histórias se passam em universos que colocam em xeque o que é sonho e realidade e o que é passado, presente e futuro.

Continua após a publicidade

Realidades adaptadas, Philip K. Dick, Aleph, 304 páginas, R$ 48.


5. NOTAS DO GRAFITEIRO SEM ROSTO

Aos 18 anos, ele era um garoto arteiro que passou uma noite tentando pintar “LATE AGAIN” (“atrasado de novo”) em um trem. Só que a polícia chegou e ele teve de se esconder sob um caminhão. Foi aí que o rapaz entendeu que teria de reduzir o tempo para pintar. E foi ali que, vendo uma marca em estêncil em um tanque de combustível, se tocou de que poderia copiar o estilo. Ele virou Banksy e é o grafiteiro mais famoso do mundo. Este livro reúne fotos de suas obras, histórias e reflexões políticas.

Guerra e Spray, Banksy, Intrínseca, 240 páginas, preço ainda não definido.

6. ANIMAIS INDIES

Se você gosta de músicas esquisitonas e é do tipo que compra CD, pare para ouvir o Animal Collective. Os três últimos álbuns da banda experimental americana chegaram ao Brasil. Destaque para a perturbadora Peacebone, a dançante My Girls e a nova Today¿s Supernatural. O som é uma viagem às vezes desorientadora que vai fazer você dançar estranhamente.

Strawberry Jam, Merriweather Post Pavilion e Centipede Hz, Animal Collective, Vigilante (Deck), R$ 24,90 cada disco.

7. ILHOTA DA FANTASIA

O diretor Wes Anderson (Os Excêntricos Tenenbaums e Viagem a Darjeeling) volta em outro filme com dilemas de família, ironia e linguagem vintage (afinal, se passa nos anos 60). É a história de um menino e uma menina que largam a vida em uma ilha nos Estados Unidos até que os pais dela, o escoteiro-chefe e o xerife da cidade vão buscá-los. Bruce Willis também está nesse. E, para ficar mais descolado ainda, tem Edward Norton, Bill Murray e Tilda Swinton.

Moonrise Kingdom, 12 de outubro nos cinemas.

Continua após a publicidade
Publicidade